domingo, 8 de maio de 2011

Da série: "Coisas que me irritam"


Como já disse em posts passados. Eu vou me irritando com certos comportamentos humanos, mas guardo para mim que é para não me tornar uma chata no cotidiano (já basta ser reclamona aqui), mas esse blog serve para isso, também... rs. Tem certas situações que não entendo e quando me deparo fico xingando por dentro, e com cara blasé por fora. Mas se me pega num mal dia, xingo para fora também. Vamos lá:

1) Velhinhos, mães com crianças pequenas e casais em calçadas - Caraaaaio! Porque essas criaturas não se tocam que outras pessoas querem passar?
Os velhinhos, coitados, parecem um carro desgovernado, pra lá e pra cá, e a gente atrás tentando ultrapassar, mas esses eu dou um desconto, mas tem dias que infelizmente perco a paciência.
Mães com crianças pequenas são umas chatonas, não todas, mas boa parte delas. Deixam as crianças soltas correndo em todas as direções. Custa pega na mão da criancinha e guiar?! Um dia desses uma menina foi se enfiando embaixo da minha perna e eu me afastando, chegou uma hora que estava encostada no muro e a mãe olhando com cara de babaca.
Casais, que dão a mão e saem passeando vagarosamente, como se tivessem no Jardim Botânico, olhando a paisagem, conversando e a fila atrás crescendo, cheia de pessoas com pressa. Que vontade de dar um grito!
O pior é quando a gente pede licença para esses seres sem noção, e eles nos olham com cara de "eu hein". Que vontade que dá de mandar para aquele famoso lugar!


2) Gente que quer resolver a vida pelo celular - Nossa! Esses terráqueos sem bom senso é de doer! No meu trabalho tem duas mulheres assim. Que querem lavar toda a roupa suja da sua vida, inclusive discutir a relação com seus homens, pelo celular.
Uma atende o tal celular direto, fala alto, briga, e às vezes chora.
A outra atende um telefonema a cada 10 minutos mais ou menos. Já virou piada e o chefe já proibiu o excesso de ligações. A pessoa chega ao cúmulo de ser chamada à atenção por um chefe por conta disso. Putz! É ser muito sem noção.
Esqueci da outra que casou há um ano e atende o marido com voz de menina de 14 anos falando com o namoradinho da escola.
Detalhe, uma recrimina a outra, todas falam muito alto e nenhuma se toca. E olha que nem comentei dos que querem resolver problemas, pelo celular, dentro do elevador, do ônibus, ou em qualquer lugar com estranhos em volta.
As perguntas que ficam são: - É difícil falar mais baixo, ou então sair para um lugar reservado? Ou é vontade pura e simples de demonstrar que tem uma vida muito agitada, intensa, interessante e tal?
Detesto celular!


3) Amigos blasé, que não te dão um retorno emocional - São aqueles que você conta vida, seus piores problemas e a pessoa fica "Meu Deus!", "Poxa que chato", "Nossa", "É mesmo?", "Verdade?". E com essas palavras e frases curtinhas não se envolvem com o que a gente tá dizendo, não dão uma opinião de verdade, não te mostram um caminho. Nada!
A impressão que tenho é que a pessoa tá pensando "Gosto de fulana, mas esse assunto é uma chatice". Custa raciocinar que se a pessoa está se abrindo é porque aquilo é importante para ela?
Olha, só uso frases curtas e palavras soltas nessas situações quando não posso dizer o que acho, ou quando já disse tudo que tinha para dizer e não quero me repetir. Fora isso vou sempre dizer o que penso sobre a questão, tento fazer a pessoa pensar e sei que em muitos momentos pego pesado, mas acho que se alguém te traz um problema é porque ela está procurando pensar melhor sobre o assunto.

Gente! Não é só isso que me irrita, muito mais coisas me chateiam, mas óbvio que não vou fazer um post com todos os ítens...rs. Quem quiser reclamar sobre o que te aborrece, fique à vontade, o lugar é aqui no comentários... rs

54 comentários:

  1. Dessas coisas que te irritam creio que irritariam qualquer um, pois todo excesso irrita e enjoa. Já me irritei com velhinhos, mãe com filhos..., mas no telefone gosto de falar com meus parentes, já que marido não é de papo. Quanto a contar os problemas aos amigos ou as pessoas, escolho os amigos e as pessoas certas. Justamente aqueles que dão retorno. Os outros é só na base do social.

    Eu tenho muito mais coisas que me irritam, mas hoje ainda não estou irritada o suficiente para me lembrar. Quando estiver eu venho aqui na mesma postagem e falo. Sério! Levantei com cara e ar de abobada hoje.(Os remédios estão me deixando retardada)(risos) Se este post surgisse há um mês, certamente teria outro post nos comentários, mas agora deixo só um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Ah, se fôssemos inúmerar, iríamos perder a conta... São muitas coisas chatérrimas...

    Bom, uma delas, é quando quero subir a escada rolante, e tem alguém barrando a passagem... Visto que, a lateral esquerda tem que ficar livre... E, quando pedimos licença, ainda temos que escutar a seguinte frase: "Por que não vai pela escada???" Ah, me poupe... Quem está errado?? Eu ou você, por estar barrando o caminho??? Isto porque tem aviso em vários lugares da escada rolante...

    Qu quando preciso entar no metrô e tem um infeliz na porta bloqueando a passagem... Pois é, a m@#%($#@ do trem nem está cheio, porém tem sempre um babaca no meio da porta, pensando que só tem ele na face da terra para utilizar o meio de transporte... E ainda, quando pedimos licença, temos que nos sucumbir à carranca que vem em seguida... Ah, faça-me o favor!!!

    Tem mais situações, porém não pretendo ser cansativa, em vista dos meus longos textos!!! Deixo mais comentários para os outros colegas blogueiros!!

    um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Essa da menina q ficou debaixo da sua perna, foi demais! rs. Imagino a sua cara, Dama...rs.

    Outra q gostei: sua colega , q conversa com o marido, com voz de menina de 14 anos. Ela deve ser cheia de dengo.rs

    Dama, no meu próprio humilde blog, tenho exposto o q me irrita, e como tem coisas que me irritam!
    Por exemplo, detesto filas, como todo mundo, mas o pior de tudo, bem pior q enfrentar uma fila, é escutar as reclamações das pessoas: "o caixa é muito mole"; "por q não colocar mais funcionários?", "q falta de organização!"...

    Sobre os amigos , os quais confidenciamos nossas vidas, vc tem razão. E eu acredito q muitos deles, nem prestam atenção no q a gente diz. Mas, acho pior ainda, quando essas pessoas insistem em nos criticar, em dizer q estamos errados, quando temos a convicção de estarmos certos. E existem também os falsos: concordam conosco , na hora, e quando viramos as costas, nos criticam.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Verdadeiramente isso irrita mesmo, e fora que pessoas que fazem esse tipo de coisa se por um acaso vc fizer com elas, vc libertara um leão, esses dias eu estava no metro uma mulher me empurrou e tinha uma gravida na minha frente ai dei espaço para ela e disse empurra fica a vontade e todos olharam ela ficou sem graça e desviou o olhar, portanto é triste saber que idiotas como essa que qeu o mundo esteja parado esperando ele andar.
    bjo se cuida.

    ResponderExcluir
  5. acho que o q te torra é gente sem noção né, pq tem cada um...
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Hahaha....dessas aí, pra mim a pior é a do celular,e quando resolvem falar no cinema?
    Tenho uma conhecida que me irrita no primeiro minuto de encontro....seeeempre....a primeira pergunta que ela me faz é: "voce está bem?" com uma cara preocupada! Aiii....como me irrita, parece estar dizendo,"nossa....voce esta com uma cara pessima, tudo bem?"....rs.
    Ahhhh....sou bem chatinha tambem com barulho de gente mastigando no meu ouvido, tenho que melhorar essa minha chatice, devo irritar muita gente com ela...rs.
    Beijocas minha Dama!!!

    ResponderExcluir
  7. menina então se pode vou ...
    imagina aquelAS mães super protetoras em um consultório odontologico que acham lindo tudo o que o mal educadinho faz... imagine o que fazem na sala de espera e depois pense dentro da minha sala... tive um japonezinho que interrompi o tratamenmto falei chega procura outro nao atendo mais e nao atendi! Agora e aqueles sem educaçao no metro que se fazem de morto pra nao dar o ascento pro idoso, motorista que nao para o circular pra pegar a idosa rsrsr isso me deixa louca eu mesma ja parei alguns onibus em sp pra colocar o idoso la dentro . Desculpe se fui extensa mas tem tanata coisa pra enumerar rrsr bjs

    ResponderExcluir
  8. Pessoas sem noção que passeiam pelas calçadas também me irritam.

    Quanto ao celular, dou o braço a torcer. É que acho que sou um pouco surda, além do gen italiano que me faz falar alto naturalmente. Mas, juro, não tenho nenhum apego ao celular e sou muito breve quando preciso dele.

    Já quanto aos amigos, tem gente que é muito chata mesmo. Só faz reclamar da vida e acha que que a gente tem que servir de orelha a vida inteira. Não sou insensível, mas tem gente que abusa.
    rs

    beijo rouge

    Dani

    ResponderExcluir
  9. Eu fico mais puta da vida ainda quando não tem calçada pra gente ir pro lado e a gente tem que ultrapassar a pessoa pelo meio da rua... que ódio!!
    Há velhinhos que tem noção e saem da frente, eu sei que serei uma dessas...
    Eu ando na rua falando: vambora liberar a passagem gente! segura a criança pra não perder... igual uma maluca!!
    Amigos que respondem com monossílabos só vão ouvir algo de mim uma ou duas vezes... depois não falo mais!!
    Agora celular... ai que ódio!! Tem gente que fala bem alto pra todo mundo saber como a vida dela é importante e cheia de coisas... eu detesto falar em celular!
    Estamos antenadas na irritação!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  10. tudo isso aí me irrita profundamente tb...rs... Mas acho q pior do q velhinhos na calçada, só velhinhos dirigindo (ai q ódio q eu tenho dos velhinhos dirigindo parecendo lesmas, e na faixa da esquerda quase sempre).

    ResponderExcluir
  11. Sou eu, de novo, me esqueci de falar q odeio celular, e como vc falou, dentro de ônibus, na rua... Minha saudosa mãe, há poucos anos, quis me dar um celular, eu não quis. rs

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho um problema sério pq eu brigo mesmo. Ontem mesmo, numa fila ordinária de gigante e quente na Ricardo Eletro. De repente um rapaz q não tava em fila nenhuma resolveu ficar no meio da fila q eu tava. Criei confusão, claro! Perguntei se ele tava em alguma fila ele falou q não, tava só conversando com o cara da outra fila. Dei um tempinho e perguntei se ele não ia sair do meio da fila. Aí ele inventou q estava, sim, na fila. Perguntei pros dois caras q já estavam na minha frente e eles falaram q na frente deles ele não tava. Enfim... marido me mandou pro carro, pq eu tava quase batendo no cara! kkkkk
    Qndo tô na rua, sempre ando olhando pros lados e meio pra trás, pra ver se tem alguém com mais pressa q eu e dar passagem. Rua sem dar as mãos pra minha filha? Ô louco! Morro de medo de perdê-la de vista! rs
    Mas o que detesto mesmo é esse povo q não sabe falar ao telefone... meu marido fala bem alto no celular e eu fico pedindo pra falar mais baixo kkkkkk
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. O que me tira do sério é a pessoa falar que ODEIA uma comida que nunca provou! É adivinha? Bjo

    ResponderExcluir
  14. Dama,
    Muito do que vc disse é gente sem educaçao. É difícil de aturar! Eu me desligo, assim não me chateio! Qto ao "amigo blasé", vamos combinar que não é amigo!

    Bjo e boa semana sem irritaçao!

    ResponderExcluir
  15. A-do-rei kkkkkkkkk voce esta certa , Do jeito que voce escreveu ate que e engraçado mais no real da vontade de chorar
    Querida ,vim agardecer sua visita e seu carinho
    obrigada
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi,Dama!Tem gente que anda pela rua ahcando que é dono da calçada e isso não se resume só a velinhos, mulheres com crianças ou casais de namorados,kkk.O povo anda mesmo cada vez mais sem noção a verdade é essa.
    Uma ótima semana!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  17. Sexta-feira eu pensei exatamente no tanto que gente lerda na rua me irrita.E aquele bando de amigas que sai conversando em clima de procissão na sua frente e não abre nenhum espaço pra vc passar? porraaaaa eu saio do sério... velhinhos eu até desconto,mas fora isso... quase parto pro xingamento.É foda, só de pensar fico puto hahahaha
    Bjo querida

    ResponderExcluir
  18. Oi Dama! Tem velhinhos que realmente são um saco, e não é só andando na calçada. Por aqui, alguns deles se acham donos do mundo porque são idosos, atravessam as ruas onde dá na telha e você é obrigada a brecar ou desviar pra não atropelar o desmiolado. Ou então param no farol de pedestres quando está verde e quando fecha pra eles e abre pra gente se metem na frente do carro, tenho vontade de estrangular,se quando ficar velha, fizer isso quero que me botem camisa de força. Ai! Também tem muuuuita coisa que me irrita.
    Beijuuuus.

    ResponderExcluir
  19. Hahaha mais uma vez, nos irritamos com as mesmas coisas! No caso das calçadas, acrescentaria grupos de amigos que resolvem andar um do lado do outro ocupando o espaço todo, não só na rua como também em shoppings!! Empregadas gordas e lerdas com crianças com mochilas de carrinho enormes, contando tudo o que fizeram na escola, ocupando a calçada inteira também são MUITO irritantes. Se bobear, a criança ainda joga a mochila no seu pé!
    Um dia eu tava no ônibus e a trocadora tava discutindo com o marido vagabundo que não queria trabalhar. Eu entrei no ônibus e ela já estava no celular; saltei e ainda tava.
    O que fico mais chateada são aqueles amigos que sempre vêm te contar coisas da vida deles e quando você quer contar coisas da sua vida eles não querem ouvir. Ah vá pra...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Da série de coisas que eu odeio, é morar no centro e não poder ficar a vontade, já que todos resolvem ocupar o espaço do meu habitat.
    Dos citados por você, não há nada pior do que um amigo blasé, mas será ele um amigo???
    Bj

    ResponderExcluir
  21. Putz, que chato rsrsrs

    Eu odeio essa gente que compra a calçada. Ficam lá atrapalhando o caminho. Um dia eu estava de humor bem abaixo de zero e atropelei uma distinta que estava bem no caminho. A moça me xingou e eu falei: Se você se tocasse e não ficasse no meio do caminho eu não faria isso.
    Eu já fui uma mala no celular. Mas mudei bastante. Agora não resolvo mais nada por ele e incrível, minha conta baixou pela metade. rsrs
    Menina se eu for fazer post de coisas que me irritam... aff, meus seguidores me abandonam porque eu sou uma chata em pessoa. hahahahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Ai g-zuis eu ri muito agora, que ódio mesmo de quem resolve a porra da vida por celular, meu ... afff.!

    ResponderExcluir
  23. Oi Dama, tem coisas que são bem chatas mesmo e já levei algumas chamadas de consciência por causa disso
    Tudo é energia de atração então áquilo que mais criamos resistência é o que mais aparece em nossas vidas, é tão certo que não tem como duvidar.
    Nos dias em que estou mais implicante é que me aparece situações das quais eu detesto, então estou aprendendo a lidar com isso, ou pelo menos tentando rsss
    Ficar na neutralidade é a melhor opção, não julgar, não se irritar, assim não atraímos pra nós essas situações, é fazer cara de paisagem, pois quando mais lutamos contra, mais as coisas acontecem.
    Eu to sofrendo na pele algumas situações que abomino e talvez por isso elas estão se apresentando em minha vida.
    Ando cansada de muita coisa, mas a vida não liga pra isso, ela continua seu curso, não pára e nós é que temos que mudar se quisermos viver sem grandes sofrimentos.
    Não é fácil, mas cheguei á conclusão de que é muito mais difícil sofrer os efeitos de minha ignorância, tenho tido provas disso e confesso que não tá sendo fácil
    Boa semana pra ti!

    ResponderExcluir
  24. O que mais tem me irritado ultimamente são pessoas que se acham sábios superiores. Estão na mesma merda que vc ou coisa pior, mas fingem tem uma vida de comercial de margarina e vem te dar conselho ou dar sermão. Juro, tenho vontade de estapear....


    Beijos, Dama.

    ResponderExcluir
  25. Oi Dama!

    Olha, o que mais me aborrece, de tudo, de tudo, é quando eu descubro que aquela pessoa que eu menos esperava, falou mal de mim em determinada ocasião. Isso realmente me aborrece, acho que pelo fator surpresa, sabe? Porque tem gente que fala mal, mas não me importo, não me diz respeito, não é meu amigo, tô me lixando. Mas quando um "amigo" (pelo menos eu achava) faz isso... Nossa, me chateia pra caramba.
    Uma coisa que me irrita também são pessoas que levantam bandeiras (qualquer bandeira) e por conta disso se acham acima do bem e do mal. Só por levantar uma bandeira qualquer, defender uma ideia. Essas pessoas, primeiro, posam de donas da verdade. Segundo, acham que o fato de erguer publicamente uma bandeira lhes dá o direito de enfiar o dedo na sua cara e falar suas supostas "verdades".
    Desabafei, rsrsrsrsrs. Mas essas são algumas das coisas que me irritam.

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  26. Dama,
    eu fico muito irritada com gente que manda montes de e-mails com mensagens bobocas. Não tenho tempo para ler tantos e-mails.
    Sim...me irrita também gente inconveniente. Que se mete na minha vida sem eu pedir opinião.
    Homem babaca também tem me irritado bastante. Só de sacanagem dou feedback para irritar também . rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  27. amigos blasé foi o melhor, nunca pensei por este angulo. kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  28. Oi Dama, concordo com você em relaçao ao celular, eu falo muito pouco, já meu marido...parece que não tem outra maneira, tem que ser bem alto e sem ficar parado, entende?? Ele fala andando, mesmo estando em casa. Quanto às calçadas, já discordo. A rua é pública. E o mundo não gira em torno de nossas vidas. Não é porque estamos com pressa que as outras pessoas devem nos dar caminho, devem modificar suas atitudes, rotinas e maneiras de viver por causa de outras que geralmente optaram por um ritmo mais acelerado. O que me irrita nas calçadas são as mesinhas e cadeiras de bares que invadem as calçadas. Certa vez, passeando com meu filho de carrinho precisei passar pela rua porque os folgadinhos tomaram conta da calçada. Só que foi uma vez só. Nas outras pedi para tirarem as cadeiras.
    Beijo

    ResponderExcluir
  29. Dama!!!! tbm odeio celular, odeio!!! pra mim só serve pra duas coisas, me acordar como despertador e achar meus filhos qd eles demoram um pouco pra chegar. E só! Ohh invencaozinha terrível essa, cruzes. O povo acha que tá em casa, fala gritando,ou ainda, os adolescentes, qd ouvem música alta no celular e acham que todo mundo tá adorando o mau gosto musical deles,meu Deus do céu, mt chato.

    Agora, menina, esse teu trabalho é um laboratório heim? ahahah, tem cada tipo, acho que tu foi parar ali de propósito, pra ti treinar bastante essas chateacoes e depois escrever aqui :-) e fazer a gente rir.
    Qt aos casaisinho na calcada, tu tem razao, uns sao bem chatinhos e a cara do "eu heim", ahaha, é perfeita, é assim mesmo, a gente que tá querendo passar é que é o mal educado, né?? ahahaha, Ai Dama, tu diz cada uma...
    Ahh se tu morasse aqui Dama, tu ia ficar louca com as maes, elas deixam os moleques soltinhos, elas vao na frente e os molequinhos atrás, fazendo tudo o que nao deve. Eu acho um absurdo!

    O que me irrita? Hmm, gente que sai correndo pra chegar primeiro no caixa, num supermercado, p ex, ou gente que fura fila na cara de pau, me irrita gente de cara feia, sabe qd as sobrancelhas se jutam? é como se o sol tivesse na cara o tempo todo, aí o povo que já é feio, fica mais horripilante ainda, ahaha, acho uóóóó gente que faz cara feia nas ruas. Tbm nao gosto qd os cachorros fazem suas necessidades na rua e os donos nao limpam, acho isso ridículo!!! Ah sei lá, nao gosto de gente mal educada, é isso, Daminha.

    ah queria te falar que os esmaltes aqui,tem cheiro mt forte, nunca encontrei um que nao tivesse esse cheiro forte, entao, qd for passar, procura fazer num lugar ventilado, tá?
    Um beijinho Dama e uma ótima semana pra ti.

    ResponderExcluir
  30. Sem contar que as mães acham que VOCÊ tem que se preocupar em não esbarrar no filho dela. E não ela em proteger a criança!

    É preciso muita paciência, viu?! rsrs

    bjos

    ResponderExcluir
  31. Acho que, da tua lista, o que mais me irrita são as pessoas que falam ao celular sobre assuntos particulares, ou, pelo menos deveriam ser. Tenho horror de participar da vida alheia quando não conheço as pessoas a fundo.
    Acho que isso é o resultado da perda de pudor nos dias de hoje. O que aconteceu com as pessoas? Credo!
    bjs

    ResponderExcluir
  32. Dama, sabe que outro dia eu estava notando uma coisa: Os velhinhos no mercado, eles nào saem da frente! E eu reparei que não é dificuldade de locomoção! E falta de perceber o espaço do outro e próprio, quando eram jovens e sadios, eram aquele tipo de gente que esbarra, que não dá passagem! Que só olha pro próprio umbigo! Que coisa!
    E outra: mães que carregam seus filhos pelo braço e arrastam eles pra cima da gente, como se fossem tacos de rockey! kkkk se vc esbarra elas ficam bravas! Ninguém merece viu!


    "Reclamo aqui pra não ser reclamona no dia a dia" é ótimo!!!!

    Bjus!

    Grato pelo comentario lá no VF! A Carla é um doce! E vc é muito lúcida! Iluminada!

    ResponderExcluir
  33. Assim, de td que vc falou ali Dama, voce tem razão, mas o que mais me deixa irritada mesmo mesmo, é gente falsa, daquelas que dão um sorriso amarelo, e quando voce vira as costas começam a falar de voce, da sua roupa, do que voce come, do que voce fez semana passada... Deuxxxx, como me irrita, e aquelas que por um tempo foram seus amigos e hoje só porque não se veêm mais, espalha seus segredos aos quatro cantos...
    Me irrita demais, mas tudo bem um dia cai um raio nessas pessoas e eu vou riri muito...^^
    Caramba chinguem na cara, me falem o que acham de mim na minha frente, cuidem de suas próprias vidas, mas não sejam falsos... comigo num...
    Acho que um dia ainda faço uma postagem sobre isso...

    #meirrita

    Parabens Dama...
    Bjos AnyCat

    ResponderExcluir
  34. Obrigada pela visita, Dama.
    Pois é, ando me irritando com quase tudo e esse quse tudo se refere a tudo o que as pessoas fazem esquecendo que não estão sozinhas nesse mundão de meu Deus.
    Bjs meus.

    ResponderExcluir
  35. Sabe que sou fã do seu astral?
    No http://cadinhoroco.blogspot.com fotos dos painéis, óleo sobre telas, peças em oferta.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  36. Que lista! Para mim a pior de todas é o celular... tem pessoas que realmente não tem noção. Não digo que odeio o celular, mas ouvir discussão alheia me irrita profundamente..
    bjs

    ResponderExcluir
  37. Me identifiquei com tds, sem exceção.
    Vc falou do velhinhos, mae com crianca e casais... e aquelas turminhas de adolescentes q andam na rua fechando a calçada e nao se mancam q vc quer passar?! Affffffffffffff....
    Celular é muito útil, mas é uma praga, principalmente para aquelas criaturas q insistem em atender o negocio dentro do busão e berrar sua vida pra td mundo ouvir... já vi cada uma!
    E gente q nao tem reação na conversa...bom, nem precisa comentar ne?! Mas esse é seu canto e ta certa de usa-lo para desabafar.
    Bjs e fik c Deus.

    ResponderExcluir
  38. Gostei e vou dizer o q me irrita baseado no q vc escreveu.
    1) Qqr tipo de pessoa q anda devagar e toma conta da calçada. To sempre com pressa e sempre me aparece um ser pra atrapalhar. E aqui tem uma avenida (a principal) dividida em 3 faixas (uma delas pra estacionar) e os motoristas insistem em transitar no meio das 2 faixas. Aff ...
    2) No trabalho e na casa da minha mãe não costumo atender celular. Então muitas vezes alguém liga em hora imprópria, eu rejeito ou ão atendo e a pessoa fica insistindo. Hellooooo, é horario comercial, eu trabalho e será q não da pra deduzir q nao to podendo atender ? Aff de novo ...
    3) Essas palavrinhas eu costumo usar muito no MSN rsrs. É q em algumas ocasiões a gente não tem o q dizer, se tivesse ao vivo poderia lançar um olhar de solidariedade, dar um abraço, chamar pra tomar um porre, sei lá, mas no MSN fica mais difícil. Mas eu ainda prefiro elas do q qdo a pessoa do outro lado desanda a falar de outro assunto dando realmente a entender q nem leu o q vc acabou de escrever e pra vc era tão importante compartilhar, q vc escolheu aquela pessoa pra desabafar, pq vc gosta, vc confia, sei lá. Aff mais uma vez ...

    ResponderExcluir
  39. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    a real é que tudo em demasia irrita.

    ResponderExcluir
  40. Uahahahahahahahaha... como sempre eu adoro seus posts.
    Para os amigos blasses: se não tem nada de últil a dizer, não diga nada.
    Para as celulares mania.com: eu já falei que desteto isso. Mas o melhor é: tds falam mal uns dos outros, mas fazem a mesma coisa. Nad mais certo!
    Bom, os velhinhos, eu desculpo, rs. Tenho peninha, exceto quando estou com pressa. As mães, acredito que uma boa coleira no braço dos filhinhos ajudasse. E para os casai de namorados uma construção de pistas exclusivas, tipo ciclovia.

    rsrsrsrsrssrs... tô meio impaciente, mas tem gente que ôoooooo nem merece tanto!!!

    beijão, linda!

    PS: te citei lá no meu post.

    ResponderExcluir
  41. uhauahuahauahua Eu tenho um amigo Blassé, e Deus, como ele me irrita. Já desisti de falar com ele, nem insisto mais!

    Morri com teu post, sei que ta brava mas ficou engracado!

    Beijao

    ResponderExcluir
  42. Crianças mimadas só não pior do que adultos mimados. Geralmentes estes gostam de resolver a vida pelo celular...¨)

    http://umgurientregurias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  43. Agora, tava pensando que nessa parte dos amigos ... tem dias que precisamos ignorar, por questões de sobrevivência. Muitas vezes não digo nada porque não concordo, mas se a situção se inverte ... ;)

    http://umgurientregurias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  44. Olá!! Recebi seus comentários sim, muito obrigada!!!
    Como pode ver, estou aqui on line, rss, resolvi tirar o dia para bater perna pela net e tricotar com as amigas!!

    ResponderExcluir
  45. Oi, Dama

    Gostei tanto desse post que vou tuitar! Rsrsr
    E os sem-noção no elevador? Entram e se plantam na entrada porque vão descer no primeiro andar e ficam obstruindo quem quer entrar? Ou os que ficam bem em frente ao painel com os botões: como a outra pessoa vai marcar o andar? E os que falam aos berros de Nextel que ainda faz aquele sinal horrível "trim".... ih, a lista é longa... E eu passo por isso todos os dias. Haja paciência. XD
    Um beijo

    ResponderExcluir
  46. Essas coisas tbm me irritam..rs..vc descreveu muito bem as situações...rs


    Bjos no coração e tudo de bom.

    ResponderExcluir
  47. E dae Dama...andava meio afastado, coisas de vida corrida, mas sempre lendo seus textos...só não tinha temo de comentar, mas como sempre, todos maravilhosos!
    Existem muitas e muitas coisas irritantes, e isso de gente lerda na nossa frente é uma das masi chatas...outra coisa q me irrita profundamente é celular fora de área, ou gnt q nunca está com o celular, pq fico pensando, pra que tem um entãoo.....aaaahhhhhh! Mas a pior de todas é ficar esperando, gnt q se atrasa, ônibus...odeio esperar!
    Beijos!

    Fábio.

    ResponderExcluir
  48. Ultimamente eu ando com bode de velhinhos, por uma série de motivos.

    Mas pior mesmo são os pseudo-amigos que não vestem a camisa qdo vc conta seus problemas. Amigo de verdade tem que se meter na sua vida e dar opinião, mas sempre te apoiar no que vc decidir. Mas não dá pra ficar no : ah é? nossa! que chato!
    Ahh vá pra pqp, pelo menos pergunte: o que eu posso fazer pra te ajudar?
    Anyway... eu sou nervosinha por natureza, tem tanta coisa que me irrita que não caberia aqui descrever nem metade!
    Beijoss menina

    ResponderExcluir
  49. Adorei este post....
    Tenho maior orgulho de ser visitada por você no meu Blog...

    ResponderExcluir
  50. Sabe que os pobres velhinhos na calçada, as mães com crianças, etc, eu nem ligo? Ultrapasso. Engato uma marcha mais forte e saio acelerando.
    O povo que berra e discute casos ao celular, até os encerrar, aí depende: se o caso for interessante, pô, vale por uma crônica. Outro dia, no aeroporto, esperando um voo que se atrasou, ouvi uma mulher se reconciliando com o marido que - segundo ela dizia, espalhando perdigotos ao seu redor - a houvera traído com uma vizinha! Você não imagina o que foi ficar ouvindo aquilo por mais de 40 min. Quase que eu cutucava a danada pra perguntar: - ei, o que ele falou, pra v. responder assim? Enfim... às vezes rola um big-brother.
    Já a questão da atenção, putz!, como diz Pessoa, 'e os que lêem o que ele escreve/na dor lida sentem bem/não as duas que ele teve,/mas só a que eles não têm...". Saber ouvir é uma arte. Parte de um querer ouvir, mas 'só quem ama pode ter ouvido/ capaz de ouvir e de entender estrelas', se é que você me compreende.
    Fui!

    ResponderExcluir
  51. Na parte da calçada você esqueceu de mencionar os colegiais que andam em grupos de dez (ou mais) sempre lado a lado, bloqueando a calçada de fora a fora. Deve ser um dos motivos pelos quais não se é permitido ter armas no Brasil hahahah

    Parte do celular: não podia ser mais verdadeira. Eu ODEIO falar em celular perto de outras pessoas. pra ser sincera, não gosto nem de falar no telefone da minha própria casa com gente por perto. Fico me perguntando se essas pessoas que querem resolver a vida pelo celular não se tocam de que tem gente escutando. Isso, a mim, também incomoda um tanto...

    E sobre os amigos que não dão retorno emocional, comigo nem rola, porque não falo da minha vida com ninguém além do meu marido, minha mãe e minhas duas irmãs. Aprendi essa lição com aquela amiga obcecada. Depois dela, penso mil vezes antes de entrar em qualquer assunto pessoal com amigos.

    ResponderExcluir
  52. Hoje escolhi um tema pra ler dos que ainda não tinha lido. Pois neste periodo tava trabalhando muito.

    Este ultimo sobre retormo emocional acho que é crucial, caraca como tem isso e é sim muito chato, mas passei por algumas que agora evito me abrir assim, adotei os cadernos pra desabafos e outras coisas estou buscando aprender colocar as palavras e dividir no blog. mas me sinto irritada assim muitas vezes também.
    abraços

    ResponderExcluir
  53. Puxa,, que bom. Eu achava que estava fora do mundo por não gostar de celular. E aqui encontrei pessoas que também odeiam essa coisa. O que mais me irrita, é quando vou fazer um crediário ou uma ficha em algum lugar, e me perguntam. O n° do seu celular por favor? Ai eu respondo e já aguardo a cara de espanto do outro lado, como se eu fosse um ET, é um extra terrestre ou um excluído da sociedade. Vai pra PQP, será eu sou obrigado ter o que eu não quero só para estar dentro dessa "sociedade" escrava dessa porcaria e manipulada e rastreada a ponto de levar essa droga até no banheiro. Eu digo Não... Não quero não gosto e não tenho, ponto final.

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html