quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Escolhas...

Quando fazemos tudo para que nos amem...
e não conseguimos, resta-nos um último recurso,
não fazer mais nada.
Por isto digo, quando não obtivermos o amor,
o afeto ou a ternura que havíamos solicitado...
melhor será desistirmos e procurar mais adiante
os sentimentos que nos negaram.
Não façamos esforços inúteis, pois o amor
nasce ou não espontaneamente,
mas nunca por força da imposição.
Ás vezes é inútil esforçar-se demais...
nada se consegue; outras vezes, nada damos
e o amor se rende a nossos pés.
Sentimentos são sempre uma surpresa.
Nunca foram uma caridade mendigada,
uma compaixão ou um favor concedido.
Quase sempre amamos a quem nos ama mal,
e desprezamos a quem melhor nos quer.
Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir
um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...
o de nada mais fazer.

(Inutilidade -
Clarice Lispector)


O texto acima foi entregue em minhas mãos por um colega de trabalho que nada sabe sobre minha vida, ele simplesmente achou bonito, tirou cópias e distribuiu.

Se pararmos para pensar nossa vida é um emaranhado de escolhas, umas bem feitas, outras mal feitas e outras feitas de forma impensada. Uma coisa é certa não podemos ter tudo o tempo todo em todas as situações. Escolhas são feitas a todos os instantes da sua vida, desde o restaurante onde vai almoçar, até o emprego que escolherá para sua vida. A partir dessas escolhas temos que arcar com a desilusão e a alegria que ela nos traz.

Nos últimos dias um inferno se formou em minha mente. De repente o que achava errado passou a ser certo, minha mente virou de perna pro ar... Ainda não vislumbro uma saída objetiva, mas fiz a minha escolha. Escolho a minha dignidade, dessa não abro mão...

74 comentários:

  1. Olha...Ao ler isso decidi mudar meu pot, quero publicar o texto da Clarice se me permitir.
    Espero ansioso sua resposta.
    Como nota, estamos sim sentindo a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  2. A grande verdade é que nestas escolhas que fazemos, todas nos parecem difíceis... mas quando podemos aconselhar os outros, sabemos certinho o que fazer.
    Então... da minha parte, nada de achismos.. nem chutes..
    Apenas comento aqui dizendo que embora às vzs as escolhas certas pareçam as erradas, não há outro jeito. O que a gente não pode é ficar parado, esperando... como aliás, eu mesmo me sinto agora.. estagnado, sem escolher qual caminho seguir. Pesa daqui, pesa dali e tds os caminhos parecem possíveis. Ou não.
    Sair do lugar é imprescindível, pra que a vida flua naturalmente, cicatrizando, curando, abrindo novas expectativas....

    Dama.. saudade de vc, minha amiga! ^^
    Bjo..e luz!

    ResponderExcluir
  3. O bom das "escolhas" é que sempre podemos escolher novamente.Como tu mesmo dizes a mente virou de perna pro ar, faça, pois, outras escolhas.

    Beijo, Dama

    ResponderExcluir
  4. Por isso ouço Egberto Gismonte.

    ResponderExcluir
  5. Estas coberta de razão, as escolhas transformam nossas vidas para melhor ou para pior, eu particularmente como gostod e espalhar aos quatro cantos, desisti desta coisa chamada AMOR, admiro quem o sente, ou quem o procura, e torço para que o encontre, por falar nele, o texto é ótimo, parabéns pela escolha moça, bjus e fica com Deus

    ResponderExcluir
  6. Eu já fiz minha escolha.
    Doeu a principio, mas hoje cedo me fez radiar alegria como a muito nao tinha sentido...

    ResponderExcluir
  7. Inutilidade, acho que Clarice quis me homenagear com o título do poema.
    beijo

    ResponderExcluir
  8. Belo poema!
    Beleza é o que não falta por aqui.Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Não importa se a sua, a minha ou de qqer outra pessoa q seja mude: o mais importante é q essa opinião ainda é sua, minha ou de qqer pessoa q seja...
    E mudar é sempre bom, desde q a mudança parta de nós próprios e seja para melhor!

    Bjus!

    ResponderExcluir
  10. OI Dama,está-me cá a parecer que a escolha já está meio feita.
    A Dama de Cinzas,está a voltar...eu acredito e aposto em si
    Dama só a uma a de Cinzas e mais nenhuma.
    Um abraço do tamanho do mundo

    ResponderExcluir
  11. Podemos escolher agora, e escolher depois, e depois... E nossa vida será feita sempre de escolhar,independente de querermos ou não.
    Dignidade, SEMPRE!
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Faço minhas as palavras de Clarice Lispector. Concordo com tudo o que ela disse, sempre pensei assim!

    É, quando fazemos escolhas temos que arcar com as conseqüências da mesma. Eu também sempre escolho a minha dignidade. O resto pode esperar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Se escolhes-te a dignidade fizes-te a opção certa, pq quando deitamos a cabeça na almofada a noite, é com ela que dormimos, e enfim, eu dou muita importancia ao meu sono tranquilo... quanto á possivel mudança que advem depois da escolha dificil, querida, mais tarde ou mais cedo ela chegaria, agora apenas a vais enfrentar de cabeça erguida, e isso, isso revela que és uma mulher forte e capaz, vai dai, força tu chegas lá!

    :)

    beijo cumplice.

    ResponderExcluir
  14. Todos nós estamos submetidos a escolhas, mas só as pessoas fortes tem a capacidade de infrentar aquela que realmente quer...Aquela que sempre parece ser a mais dificil!
    Tomara que tudo acabe bem Dama!
    bju

    ResponderExcluir
  15. Escolher a dignidade é uma escolha certa.
    Bjs~~

    ResponderExcluir
  16. Neste planeta globalizado temos pouco por onde escolher! O chamado Neoliberalismo não deixa. O que era o mês passado hoje já é diferente. Portanto, o que vale escolher um emprego ou uma uma área de licenciatura na faculdade, se quando terminarmos tudo está mudado!
    Falando no tema: a Paixão mata o Amor; a Amizade pode vir a ser um grande Amor!
    Será melhor a Paixão ou a Amizade? O melhor é deixar correr porque o futuro é efémero.
    Um bem haja

    ResponderExcluir
  17. Estou fazendo minhas escolhas e confesso n�o estar me arrependendo de mais nada...porque a vida � �nica e o mais importante � curti-la com dignidade...
    Bjokas...adorei o post e adorei seu blog, vou te linkar ok?

    ResponderExcluir
  18. acho que peo fato de as mulheres serem mais exigentes é que estou sobrando hahahhah, bjus gata

    ResponderExcluir
  19. Ol� seu blog � mt maneiro, achei ele por acaso , mas n�o foi por acaso q fikei, Vc escreve mt bem.
    Nem me fale de escolhas erradas pq destas j� estou saturada, mas elas talvez sirvam pra que da proxima vez fa�amos o certo... ai entra o problema: teremos uma proxima vez?
    Bye

    ResponderExcluir
  20. Isso me lembrou o refrão de uma música que diz:
    "O mundo tá todo errado eu sou obrigado
    a fazer o que não tinha imaginado até porque
    hoje quem rouba é deputado quando acusado
    até o juiz já foi comprado e todo mundo vê"

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. é sempre melhor escolher a dignidade mesmo...


    nem que está não seja a melhor das opções...


    o que vale mesmo é deitar a cabela no travesseiro a noite e dormir bem...

    ResponderExcluir
  22. Escolhas pequenininhas que somadas te levam a ser quem você é.
    Eu escolho a mim e a minha dignidade e mando tomar no cú quem quer que ponha isso em xeque.

    ResponderExcluir
  23. Ah, minha querida, faça suas escolhas.
    Mas sempre consciente de que até mesmo não escolher nada já é uma escolha...
    Meu coração tem ficado apertadinho quando entro aqui ultimamente.
    Isso não é bom nem ruim, acho que estes momentos são aqueles nos quais mais crescemos... Momentos em que fixamos aprendizados, em que fortalecemos nossos desejos e nos tornamos mais nós mesmas.
    Take your time.
    E lembre-se sempre que a lagarta não faz a menor idéia de que está se transformando em borboleta enquanto está na escuridão do casulo, sentindo dores terríveis nas suas costas em função do nascer de suas asas coloridas...
    Fique bem!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  24. Bom, que posso eu falar, Clarice é irretocável. Creio que o seu gênio e o ela se pareceriam se pudessem conversar.
    Ela é o máximo, já lestes "A hora da estrela"?

    Fazemos mesmo escolhas a todo momento, mas também existem momentos que as coisas acontecem, e independem de nossas escolhas, e quando isso acontece negativamente na minha vida, adoro pensar em destino, isso me dá força, afinal a coisa está feita, ou sendo feita e eu posso interferir só até certa parte, gosto de tentar de tudo o que posso, mas tem coisas que não posso!
    Acho que dignidade é uma boa opção! Sempre o é! Não se deixe enlouquecer, tenho certeza de que tudo passará - ao som de "Same Mistake" James Blunt...rsrs, não eu não gosto dele, mas essa música passa, pronto, chama-me de cafona..rs, e aceitarei de bom grado. Estou torcendo por você!
    Pena que só mais tarde é que conseguirá ver que realmente tudo foi melhor como foi feito! Tenho convicção que tomarás a melhor decisão!
    Mas deixa, aidan lerei um post positivo a esse respeito!!

    Bjoks!

    ResponderExcluir
  25. Clarice... Perfeita!

    Beijos Dama de Cinzas!

    ResponderExcluir
  26. 99% das coisas ou escolhas que eu faço são erradas ou uma bosta. pelo menos me sobre 1% de certos...hahahahahha...essa vida é incerta mesmo!
    a clarice é diva!!!
    adorei!
    bjão

    ResponderExcluir
  27. Dama, teu blog é muito interessante.

    Sabe, escolhas por muito tempo me atormentaram... inclusive depois que passei a ler teorias sobre elas, particularmente uma, desenvolvida na história, chamada Campo de Possibilidades.

    Li um livro, um romance de uma série de ficção científica chamada Darkover, o livro era A Rainha da Tempestade, onde um dos personagens é uma metáfora sobre esse dilema das escolhas. Ele tem um dom psiquíco em que ele vê todas as possibilidades de futuro, inclusive as mais improváveis, e com o desespero, as desastrosas tomam conta dele e ele paralisa. De alguma forma, a metáfora me fez entender que o Campo de possibilidades tem que ser reduzido ao racional... ou esquecido.

    beijo

    ResponderExcluir
  28. Olá...
    Tudo bom?
    Estou passando de malas prontas, para uma pequena viagem de férias. Prometo voltar em um piscar de olhos para acompanhar-te.

    Gostaria que aceitastes o Prêmio que te oferto, e que encontra-se no meu blog. É de coração.

    Até a volta.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  29. lindo post, muito bom
    Tenha um belo final de semana.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  30. Nosso caráter é definido através das escolhas que a gente faz, por isso também não abro mão de certos princípios.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  31. mais uma vez agradeço imensamente pela sua visita, um beijo grande meu anjo

    ResponderExcluir
  32. como diria o Roberto Carlos... de hoje en diante só vou gostar de quem gosta de mim...

    tarefa difícil essa viu?

    ResponderExcluir
  33. Minha Dama Querida,

    É verdade, nossa vida é feita de escolha, tudo de pendende de uma escolha certa, uma decisão oportuna, e até a decisão errada.
    Mas, a melhor decisão é fazer aquilo que não vá agredir a si próprio, as nossas convicções. Do resto, é resto.

    Dama, você tem algum e-mail ou msn que possamos nos comunicar?
    Adoro o seu blog e queria conversar com você, aliás, gosto de você. Engraçado isso, não te conheço - pode parecer estranho - mas me sinto muito bem quando leio o teu blog.

    beijos!

    ResponderExcluir
  34. Sem menor vergonha e sem esperar sua autorização vou levar parte do seu post.
    Levar um pouco dos seus sentimentos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  35. Esta certissima!Escolher a dignidade é o certo a se fazer,sempre!

    ResponderExcluir
  36. Esta certissima!Escolher a dignidade é o certo a se fazer,sempre!

    ResponderExcluir
  37. eitaa post locoo
    adoreeei aauhauhauhah ^^



    http://imensidadx3.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  38. Pois eu acho que essa coisa de não fazer mais nada é realmente um último recurso, porque assim que desistimos, nosso primeiro pensamento é que quando não fizermos mais nada a ausência será notada... pelo menos é o que acontece comigo...

    ResponderExcluir
  39. Escolhi não escolher, será uma escolha?! Beijo

    ResponderExcluir
  40. Dama de Cinzas, antes de escrever qualquer coisa, quero muito te agradecer por aparecer no meu blog e por manter esta amizade virtual mas tão importante... sempre viva!
    Gosto demais de vc e das coisas que vc escreve.
    Sobre escolhas, sinto que é um momento meu de fazer escolhas. De escolher entre arriscar e me desligar de vez do que não me serve... ou de continuar esperando, pra ver até onde eu aguento.
    Não sei como vc está, mas acredito q por motivos diferentes, estamos meio iguais... mantendo o espírito quieto, esperando passar aquela nuvem no céu que ameaça chover há dias e não chove!
    Beijo... te quero bem demais!

    ResponderExcluir
  41. Estava eu passando por uma situação..que ainda estou na verdade..qaundo me deparo com este texto que parece que foi feeeeito para mim...
    adooorei..ate salveiii ele para eu ler,reler e pensaaaar..

    santo bloguitooo! hahaa


    Beijos.

    ResponderExcluir
  42. Um beijo grande menina e um ótimo domingo

    ResponderExcluir
  43. Escolhas são complicadas mesmo! E o texto da Clarice Lispector caiu feito uma luva pra mim também! Acho que é bem isso mesmo, amamos mais quem não devemos e deixamos de lado aqueles que nos amam demais. Irônico, não?

    Beijos

    ResponderExcluir
  44. afffffffffffffff

    eu odeion fazer escolhas... elas me deixam confusas!!!

    :P

    bju

    ResponderExcluir
  45. Da mesma forma que você deixou sua solidariedade em meu blog, venho fazer a mesma coisa, estou aqui para qualquer coisa!!

    E devo dizer que sua escolha é a certa, sua dignade é mais importante que tudo!!

    E Clarice é foda!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  46. Oi Dama? Só passando pra avisar q deletei meu blog, o porque explicarei quando retornar em um novo ta bom, mas já que tô aqui, adiano que não foi porque eu quis...
    =(
    Mesmo assim, não deixarei de vir por aqui, adoro seu blog, ce já ta careca de saber disso né!?
    Logo, logo estarei de volta!!
    bjim
    Paty (F.M.)

    ResponderExcluir
  47. Presente para vc no meu blog!

    ResponderExcluir
  48. Procuro sempre preservar minha dignidade, apesar de nem sempre ser dos mais dignos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  49. Não sei qual o inferno em que você está, mas concordo em não abrir mão da dignidade. E pense em você, sobre o que VOCÊ quer.
    E, assim, tente escolher o melhor caminho. Ou o que lhe parecer melhor...

    ResponderExcluir
  50. Opção nenhuma pode ser trocada pela nossa dignidade. Ainda bem que você não abdicou da sua, se não tivermos isso, nada mais em nós terá valor, nem mesmo nossas palavras.

    Bjoos!

    ResponderExcluir
  51. as vezes minha mente também vira de pernas pro ar,e vou te dizer fico melhor toda vez que isso acontece ;D :*

    ResponderExcluir
  52. Damas,

    Você faz suas escolhas, e suas escolhas fazem VOCÊ! Realmente, não devemos abrir mão da nossa dignidade!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  53. Haha! Belaaa! Realmente, amor não é algo que se ganha mendigando e
    eu
    faço isso automaticamente,
    de tanta necessidade,
    se antevejo alguma possibilidade.

    Como você bem colocou, tal conduta é inútil, degradante e machuca. Obrigado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  54. Realmente deve ser uma sensação esdruxula acordar dentro de um caixão, mas deve ser pior acordar sendo autpsiado né, bjus gata

    ResponderExcluir
  55. Nossa...

    Entrei no seu blog e sinceramente não me lembro de onde cliquei no link, mas era juatamente o que eu estava precisando ler hj. Clarice é muito, muito, muito sábia.

    De verdade.
    Big Beijo.

    E qdo tiver um tempinho, passe no "Sou para-raio de doido"!

    ResponderExcluir
  56. Amiga mas pelo menos me divirto enquando escrevo as perguntas...os comportamentos humanos me distraem e fazem rir
    eheheh
    Post as suas perguntas para nos rir-mos as duas rrrrrrsss,nós bem merecemos Boa????
    Um abraço do tamanho do mundo

    ResponderExcluir
  57. Pois é... Mas eu só toma iniciativa quando é muito do meu interesse e quando a probabilidade de valer a pena é grande...
    Ah, eu não sei se você curte Clarisse além desse texto que foi parar nas suas mãos, mas sempre coloco textos dela lá no meu blog.

    Beijosssssss

    ResponderExcluir
  58. A gente sempre morre no "E se?" neah? Eu sei como é isso, escolher logo e se torturar depois achando que a outra opção seria melhor. Lembrou-me o jogo da vida agoura, quando vc pode sempre ler o que terá nos dois caminhos. Seria bem mais fácil assim. ;)

    ResponderExcluir
  59. Dignidade = amor próprio.

    Não tem nada que seja mais importante que isso!

    Valeu.

    ResponderExcluir
  60. Escolho viver, viver buscando a mim mesma ( o que muitas vezes já uma busca insana)

    Texto forte querida, assim como vc.

    beijos

    ResponderExcluir
  61. a vida e nossas escolhas , deveriamos tomar mais cuidados com elas esquecemos que sao elas que nos guiam, depois colocamos a culpa me destino ou em outra forca qualquer sendo que o controle de tudo esta em nossas maos bjs

    ResponderExcluir
  62. Estou onde sempre estive, num lugar em que posso te ver.
    beijo

    ResponderExcluir
  63. eu gostei do texto e da sua escolha (:
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  64. É assim mesmo, dama cinzenta! Nossa vida é feita de nossas escolhas. Geralmente, escolhemos o caminho errado. Bom, tô falando por mim... Tem gente com mais sorte por aí, né?
    Bjoooosssssss!!!!!

    ResponderExcluir
  65. É bom encontrar alguém que também não é tão legal pessoalmente. hahaha
    Vou pensar direitinho. Acho que seu comentário pode acabar rendendo uma das minhas histórias. Se acontecer, te falo.
    Bjoos, baby

    ResponderExcluir
  66. Pois é Dama mas nas olimpiadas da vida tu já é medalha de ouro no quesito carinho e atençao para com meu blog, obrigado ninha linda

    ResponderExcluir
  67. Sempre temos que fazer escolhas...até quando achamos que não escolhemos...
    Uma vez também optei pela dignidade...mas não sou mais tão digna.Porque me vejo sempre caindo em tentação...
    Passarei aqui mais vezes,tá?!?!
    Abraços

    ResponderExcluir
  68. Oi Dama de Cinzas querida!

    E então, eis-me aqui passando novamente.
    O q eu temia aconteceu... ou seja, to meio distante da net, dos blogs e demais diversõezinhas virtuais(entenda-se orkut, twitter, etc).
    Acho q posso dizer que é uma escolha.. escolhi mudar o ritmo deste momento, cuidar dos planos, projetos e me afastar tb de coisas q não tavam me fazendo bem.
    Mas.. ler seu blog, te querer bem e manter contatos com algumas novas amizades não, nisso eu não pretende mexer! ^^
    Saudade e muito carinho... vc é realmente uma amiga querida!!! =]

    Beijooooo

    ResponderExcluir
  69. Meu Deus! Eu tinha acabado de clicar no seu blog e recebi seu comentário... que transmissão de pensamento!
    Pode passar mesmo! Está faltando eles se manifestarem... hehehe

    Beijão

    ResponderExcluir
  70. Choices.
    Choices.
    Choices.
    ??????????????????
    AI DEUS!

    ResponderExcluir
  71. Dama, postei um texto de nome Tá, você é negro. E daí?. Era uma antiga ambição escrever sobre o assunto. Gostaria de ter sua opinião a respeito.
    Bjos, linda

    ResponderExcluir
  72. Eu pensei em várias coisas para escrever aqui, mas parece que sumiram da minha mente...rs
    O que eu sei é que quando se tratam de escolhas realmente difíceis, peço iluminação divina e a resposta vem.
    Ninguém está escape de errar e, por outro lado, as vezes a decisão que pensamos ser a errada se torna a mais correta algum tempo depois.
    Primeiro vem as crises para depois virem as mudanças e as coisas boas (parece um eterno ciclo).
    abraço!

    ResponderExcluir
  73. sem palavras para agradecer pelo seu carinho e atenção, obrigado mesmo baby

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html