quinta-feira, 20 de março de 2008

Descobrindo Liza Minnelli...

Eu sempre tive a certeza de ser uma mulher hetero com alma gay! Tudo que os gays gostam eu gosto, músicas, cantoras, ambientes, filmes. Sou uma mulher bicha...rs... E me orgulho disso porque gosto muito dos gays, são grande amigos das mulheres, sem contar a sensibilidade que é peculiar a esse grupo de seres humanos.

Não consigo ver nada de errado em dois homens ou duas mulheres se relacionarem amorosamente! Meu namorado tem uma amiga que gosta de mulheres e tem uma namorada. É uma menina doce, um ser humano maravilhoso, ela e a namorada fazem um casal lindo de se ver!

Acho que homofóbicos têm um lado homossexual muito mal resolvido e que transferem a raiva que têm dos seus sentimentos para as pessoas que os assumem de uma forma bonita! Quem tem certeza da sua sexualidade aceita a dos outros como algo diferente, nem pior, nem melhor, apenas diferente!

Homossexualidade não é opção!! Odeio quando me falam isso! Quem seria idiota de escolher algo que o faria sofrer preconceitos e discriminações, muitas vezes dolorosas!! Homossexualidade é gosto e gosto não se escolhe, acontece daquele jeito!

O que a Liza Minnelli tem a ver com tudo isso?! Dia desses me deparei com o filme "New york, New York". Genteee!! Essa mulher cantando a música tema do filme é demais! Ela tem um alcance vocal que poucas pessoas que cantam têm! Fiquei arrepiada e vibrei com aquela cena! Depois um amigo me disse que ela é muita admirada pelos gays. Mais uma pra minha galeria de gostos gays!!!

Dispam-se dos preconceitos, eles são o maior atraso para evolução emocional do ser humano!

12 comentários:

  1. Tenho ótimos amigos gays.
    Eles realmente são ótimos, muito inteligentes e divertidos.
    Esse filme da Liza é realmente especial.
    Gosto muito de filmes clássicos, um dos meus prediletos é High societ, genial aquilo.
    Inesquecível...

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  2. Não é a toa que me chamam "Priscila, a rainha do deserto" (pode rir)
    Eu adoro os gays, e tenho vários (quase todos) amigos.

    Um deles sempre diz isso, que homossexualidade não é opção, pois ninguém escolheria o caminho mais difícil, exceto os masoquistas, mas isso já é uma outra história... rs

    Vim, li e gostei muito do que vi.

    Beeijo.

    ResponderExcluir
  3. Desde de criança, que descobri que existiam homens que ficavam com homens e mulheres com mulheres, achei normal.

    Provavelmente porque, embora grande parte da minha família seja homofóbica, ninguém falava sobre isso. Por isso nunca tive opinião formada. Ainda bem.

    Aliás, só fui descobrir que eles eram homofóbicos quando comecei a falar sobre homossexualidade em casa.
    Inclusive, minha mãe quase infartou achando que eu tinha virado lésbica. Foi horrível. Hahaha.

    Acho que quando alguém te completa, te faz feliz, te entende e essas coisas, não importa o sexo da pessoa, e sim a alma dela. O que ela te proporciona.

    Tenho amigos hetero, homo, bi e até um trans. Todos me encantam. Porque todos são seres humanos encantadores pra valer.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Acho que todo preconceito está ligado ao medo, à falta de resolução de si mesmo!!
    A palavra gay significa alegre em inglês, e foi certamente foi assumida porque quem se assume é feliz!! Gay ou não!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Eba, eba.
    Hj eu não vou ser do contra.
    Esse tipo de preconceito eu não tenho. Gays ou não gays, lindo de se ver é o amor, seja como for.
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Passei pra desejar feliz páscoa.
    Vou deixar um beijinho bem doce como chocolate.
    Pra e vc e pro marido.

    ResponderExcluir
  7. Ahhh eu adouro o mundo gay. Séries, filmes, festas...Nada é mais feliz e despreocupado do que eles, sinto-me a vontade no meio. Meu pai as vezes solta perolas homofobicas, eu apenas sorrio e aviso q um dia ele terá q cuidar do neto drag queen q eu darei. ;)

    Gostei do seu blog querida, vc escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  8. Não sei lidar com homofobia. Sério. É uma coisa que me irrita, ai, mexe com todos os poros do meu corpo. Normalmente me afasto de gente homofóbica.

    Eu fui criada aprendendo que aquilo era anormal. Mas, na realidade, eu nunca achei isso. Eu sempre fui muito libertária com relação a isso. E acho que talvez que seja por isso que eu não ligue mais para os sexos das minhas paixões. Eu gosto de ver seres humanos. Aliás, eu diria que, 70% das minhas amizades já passou por baixo de um arco íris com calça comprida (se você entender isso, te dou um doce).

    Não consigo entender, não consigo entender mesmo, as pessoas que se importam tanto com o fato de uma pessoa amar outra pessoa? Cacete! Isso me revolta!

    Um dia, te falo algo mais aprofundado nesse aspecto. Hm. :)

    ResponderExcluir
  9. Os Normais. Esse papo me lembrou a Vani “uma mulher só vira lésbica quando passa de calça comprida debaixo do arco-íris”. Só isso. Uma besteira. Perdeu o doce! Ham!

    ResponderExcluir
  10. Translúcida27/03/2008 00:32

    O preconceito é o muro atrás do qual se esconde a burrice, para fingir que não precisa (já que não pode) pensar.

    ResponderExcluir
  11. Estava longe da internet...
    Fiquei feliz de ler seu blog!
    ;D
    Desculpe a demora.. risos!
    Gostei muito deste especifico.. risos!
    ;***********************

    Ah sim, pretendo ter mais assiduidade!
    :D

    ResponderExcluir
  12. NOSSA ADOREI SEU BLOG PERFEITO ,PENSO COMO VC ESTA DE PARABÉNS

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html