terça-feira, 30 de setembro de 2008

Preconceito...

Quer saber mais sobre o que acho sobre esse tema? Vá até o blog do meu querido amigo Fábio, Desarranjo Sintético, e leia o post que fui convidada a escrever. Não deixem de me prestigiar e ao Fábio também!

Obrigada

41 comentários:

  1. Vim aqui para elogiar "pessoalmente" pelo belo texto do blog do Fábio. Muito feliz as colocações! Isso aí! ;)

    ResponderExcluir
  2. Dama, o link q vc colokou está funcionando ou o meu computador q pirou? Pq eu clikei e não foi pra página dele... Bjs

    ResponderExcluir
  3. Adorei não só o tema,mas a abordagem que voce fez dele.
    Acho que o preconceito, e o fato de segui-lo ou nao começa dentro de casa, e assim é espalhado a fora..
    E acho errado as pessoas limitarem o preconceito apenas no modo racial de se ver.. embora hje em dia este conceito venhas se espalhando de forma mais abrangente.
    Gostei muito!
    beijinhos flor!
    ;*

    ResponderExcluir
  4. Minha amiga postei lá.
    Bj e pra variar... adorei e te aplaudo.
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Sem nada a acrescentar. Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Sim, sempre tento lutar contra meus preconceitos.
    Claro que nem sempre consigo.
    Mas você tem razão: os preconceituosos, nada mais são do que pessoas inseguras em seus próprios sentimentos, em sua própria personalidade.
    Se todos agíssemos contra eles, ignorando-os, 'Gandhiando', certamente o mundo seria um lugar melhor. E não é utopia, é realidade. É só fingirmos que eles não existem, como aprendemos a fazer com as brincadeiras chatas dos irmãos, dos coleguinhas de escola, na infância mesmo. Essas pessoas são é crianças.
    É só ignorar, eles ficam inseguros e, depois de um tempo, te deixam de lado.
    Nada é pior do que ser ignorado.
    Beijos!
    Boa semana aos dois!

    ResponderExcluir
  7. Fui, li e gostei, parabéns.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Querida, reproduzo aqui as palavras deixadas lá no blog do Fábio:
    Parabéns ao Fábio pela escolha da convidada! Quanto ao texto e tema irretocáveis, que possam servir de luz nesta estrada que às vezes se torna tão estreita e escura devido a cegueira do próprio preconceito. Abraço grande aos dois!

    ResponderExcluir
  9. vou lá prestigia-los então
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Com certeza Dama! Quando conseguimos nos mover para alho através da raiva ela já nos fez bem!

    beijinhos! POstei o texto novamente com mudanças e com figuras, se quiser passe pra ver

    ResponderExcluir
  11. Dama, comentei lá!! Excelente esse blog, vou até linkar... Bjs

    ResponderExcluir
  12. Nossa...muito legal o texto...
    Bj

    ResponderExcluir
  13. O prazer é todo meu, Dama!! :)) Bjs

    ResponderExcluir
  14. Fui lá conferir e o texto está muito bom e abrangente. A questão dos guetos é mesmo um problema, pois alimenta ainda mais o preconceito, é preciso se unir para lutar, mas não para segregar.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Um certo preconceito todos nós temos, afinal o preconceito nada mais é do que vc estabelecer um conceito de antemão, antes de vc entrar em contato com o objeto em si.

    O problema não é esse, pois preconceituosos todos nós somos... O grande problema é que existem pessoas que, infelizmente, conhecem-se tão pouco que não percebem que o que nos incomoda, nas outras pessoas , sem que as conheçamos direito diz muito mais respeito a nós mesmos do que a ela em si!

    Eu tbm já rompi amizades por causa disso, esta é a mior burrice do mundo!

    Belo texto, dama, parabéns!
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  17. Como sempre adorei seu texto, sua colocações foram ótimas!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Adoro ler o "Desarranjo", vou correndo lá ;)
    bjos

    ResponderExcluir
  19. Adorei tudo, o texto e o blog!!
    Postei la!
    Bjosss!

    ResponderExcluir
  20. Ok.
    Quando puder, dê um saltinho ao meu blog e comente o novo post, tá?

    ResponderExcluir
  21. Na medida do possível passarei por lá, para conferir.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  22. Não pude deixar de comentar aqui o texto que li lá. Concordo contigo quando dizes das minorias que se trancam em seus mundinhos. Assim, alimentam ainda mais a discriminação.

    Mas o pior que eu vejo é quando as ditas minorias começam a lutar de uma forma que considero errada: impondo que os outros aceitem como são, como se todos fossem obrigados a gostar de determinada situação.

    Tem que se lutar para ir contra o peconceito. Mas também tem que se dar o respeito e, acima de tudo, respeitar as opiniões alheias - por mais errada que possa parecer.

    Beijo

    P.s.: Com relação a experimentar a namorar, um dia experimentarei. Mas não neste momento.

    ResponderExcluir
  23. Aii nada pior que preconceito =/ é a pior coisa que tem...


    Beeeeeeeeeeeeeijoo ;*

    ResponderExcluir
  24. Oi Dama!
    Passei por lá, lí e voltei pra comentar aqui!
    Querida amiga, mais uma vez vc teve mta precisão naquilo que escreveu.
    Não tenho o que acrescentar e sim, como sempre aplaudir!
    Gosto dos teus textos, mas em especial qdo vc fala de assuntos como preconceitos e injustiças me dá mais e mais vontade de aplaudir, sorrir feliz por te conhecer e querer manter mais contato!
    Te quero bem e admiro demais!
    Na medida exata e inversa do que sinto de desprezo por preconceitos, sejam eles quais forem. Beijo, com carinho sempre!

    ResponderExcluir
  25. para quem já visitou meu blog, sabe o que penso a respeito disso, creio que temos opiniões semelhantes com perpectivas bem particulares; também li alguns de seus 'posts' anteriores e adorei...


    :D
    http://strangerbeautiful.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Mas a gente tem que viver que nem as abelhas, procurando mel em todas as situações!

    Que mais resta?
    Beijossss

    ResponderExcluir
  27. Dama, eu tô torcendo pra vc NÃO pagar a sua língua com os barrigudos. Imagina vc ficar com uma idéia fica na cabeça tipo: "ai, e seu broxar?". Ninguém merece, mulher... Bjs!

    ResponderExcluir
  28. Só pelo nome já sei que tem polemica no ar, então mais um motivo para ir lá prestigiar.....rsss

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. de uma espiada por lá e parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Copy paste do comentário do Desarranjo:

    É fato que todos temos preconceitos, e quem disser que não tem está sendo hipócrita. Às vezes é mais fácil pré-julgar do que parar para conhecer de perto para, assim, formar um conceito. Isso acaba levando ao isolamento dos guetos, como você disse. Eles se isolam e acabam por desenvolver preconceito contra outros guetos e até com pessoas do próprio gueto, pois começam a sentir raiva de si mesmos por serem daquela forma e, por isso, excluídos e discriminados. É duro, mas é real.

    Excelente post, Dama!

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. "Pra que essa criatura existe, se não está aprendendo nada com a vida?!"

    Excelente!

    Parabéns por ser quem é.

    Cheiros!

    ResponderExcluir
  33. Acabo de vir de lá e deixei meu depoimento, dama cinzenta! Sim, também tenho minhas queixas.
    Infelizmente, é um assunto que ainda teremos de debater por anos, talvez séculos!
    Bjoooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  34. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html