sexta-feira, 26 de setembro de 2008

A vitalidade da minha vizinha...

Depois dizem que a energia está nos jovens, nem sempre, viu! Minha vizinha de porta aqui no prédio é uma pessoa de uma disposição invejável.

Um dia desses estávamos no bar lá pelas 2 da manhã, ela sentou na nossa mesa e do nada disse que sua filha era lésbica e que tinha muito orgulho da filha e a apoiava na sua forma de amar. Eu que já tinha simpatia por ela gostei mais ainda. Alguém que não cultiva a hipocrisia.

No dia seguinte eu tava numa ressaca, pois fico de cama quando passo da medida com o álcool. Encontrei ela no corredor e já ela tinha feito vários tabuleiros de pães e salgadinhos para levar para um churrasco que tava indo.

Outro dia fui pegar uma encomenda que o correio deixou na casa dela e ela me mostrou a casa que tinha acabado de ser pintada, disse que tinha se separado do marido porque era um mulherengo e não tava aí pra aceitar esse tipo de coisa. Disse que já tinha vindo do pagode de sexta e tava saindo para o samba de sábado. A casa dela tá sempre limpa que dá gosto, é aposentada pois sempre trabalhou fora e adora cozinhar. A dona de casa que gostaria de ser... ahahah

Nem eu que devo ter uns vinte anos menos que ela tenho tamanha energia. Ela já é uma senhora, mas tem uma vitalidade que poucas jovens tem. Observamos pessoas de pouca idade se entregando a depressão e ao ócio. Enquanto essa senhora tem uma sede de viver invejável!

Vitalidade tem a ver com idade? Nem sempre! E vitalidade com experiência de vida é algo que me atraí muito em um ser humano!

45 comentários:

  1. hehe eu tenho um exemplo bem próximo de vitalidade também. Esses dias minha vó de 80 anos falou assim: Como será q vou ficar quando ficar velha? será q cega, ou meia surda...?

    é...dizem que a velhice só está na cabeça!!! Minha vó q o diga...o q nao falta é disposição para ela!!!

    abraço

    ResponderExcluir
  2. Vitalidade tem q ver com a mente, pode acreditar!!! Tua vizinha é um exemplo!!! :)) Bjs
    ps: sobre o coment... graças a Deus vc é uma pessoa iluminada, honey. Pq o q tem de boba q divide tdo... hauahuahauah

    ResponderExcluir
  3. Acho que a idade te deixa mais prepotente e menos empolgado com as peuqenas coisa da vida. Termina dando um cansaço de fazer algumas ocisas.
    É uma pena.

    ResponderExcluir
  4. Minha avo eh assim... morro de orgulho dela!!!! Não pára um minuto, tem uma casa enorme para cuidar, cuida da minha prima de 2 anos, e não passa um fim de semana dentro de casa!! quero ser igual a ela quando crescer!!

    ResponderExcluir
  5. É, vitalidade não tem a ver com idade não. A gente vê mesmo muitos jovens por aí, a toa na vida, sem ter vontade de fazer nada, sem correr atrás dos próprios sonhos.
    Não importa a idade, você tem que mover a bundinha da cadeira e correr atrás do que você quer.
    Beijos!
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  6. A minha mãe tem forças tbm nem sei de onde, mas ela é bem casada rs.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. Ehhh, já vi muitas na faixa dos 80 darem um banho de energia na galerinha jovem.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. é... vitalidade invejável...

    heheheh

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Vitalidade, vida, estar e fazer por onde ... nada é conseguido de mão beijada ... é bom se sentir viva, mente ocupada, corpo em atividade!!
    Eu queria mais atividades em minha vida e preencher todas as lacunas.

    ADOROOO vim aqui.
    bzOOO

    ResponderExcluir
  10. A idade está na cabeça, na mente.
    A melhor idade está cada vez mais em evidência.
    Mas tem algumas pessoas que são ridículas
    pois, na intenção de não envelhecer, acabam confundindo as coisas e tomam atitudes infantis.

    Beijo, Dama

    ResponderExcluir
  11. Eu me envergonho diante de minha mãe!!! :((

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Tô contigo, dama cinzenta! Também vejo por aí muito jovem que é velho, e muito coroa que é jovem. Sou contra a depressão, porém a favor do ócio. Para velhos e jovens. Falo do "ócio criativo", como é tratado por pensadores do calibre de Bertrand Russell e Domenico di Masi hehehe!
    Bjoooooooooooo!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. To precisando conhecer uns velhinhos assim, pq os que conheço só reclamam q a vida era melhor antigamente, e como eu nao gosto de lamurias... Mas eu vou achar um velhinho pra me espelhar...

    ah, sou Elis e estou vagando por ai conhecendo blogs novos...

    Elis Rosa
    www.revelandosegredos.kit.net

    ResponderExcluir
  14. Minha tia tem 80 anos e tem uma vitalidade maior que eu que tenho 52 anos.Arruma a casa,cozinha,paga contas em banco,vai ao teatro,cinema,viaja e etc.E ninguém passa a perna nela.E as roupas?Se veste como se tivesse 15 anos.É um azougue.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Muito obrigada por seus comentários! Fiquei extremamente lisonjeada porque sou fã de seus textos há algum tempo! Adorei sua visita! Beijo grande e que continuemos em sintonia!

    ResponderExcluir
  16. Olhos brilhantes maré tardia
    Cabelos rebeldes em desalinho
    Pés descalços no, frio barro
    Um berlinde atirado ao caminho

    Um bando de alegres pardais
    Ou um domador de tempestades
    Apenas um pássaro charlatão
    Dividindo o pão em metades


    Vem mergulhar nas águas do sonho de capitão do Calhau


    Bom fim de semana



    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  17. ...é claro que a idade conta no físico, e muitas vezes até na mente, dependendo da pessoa...

    mas não podemos fazer disso uma regra geral, onde vemos muitos jovens 'velhos' e muitos velhos 'jovens' por aí...

    a alegria e felicidade são estados de espírito e é com elas que driblamos a difícil arte de bem viver...

    esta sua vizinha é um exemplo
    típico de pessoas que não se curvam
    diante de qqr problema, e portanto
    despertam admiração aos mais observadores assim como você...

    bjs então, de uma vovó blogueira...
    rsss

    ResponderExcluir
  18. Dama de Cinzas!!
    Esse assunto é mto interessante!
    Não apenas por reparar que a sua vizinha seja mais velha e ao mesmo tempo tão viva! Nem tb pelo fato de ela absorver da vida o que é bom e o que não é canalizando pra sí como energia reciclável ou pela falta de preconceitos aparente, etc e etc!
    Linda esta alma, desta pessoinha!
    Mas o assunto é interessante tb por vc tocar num ponto que eu realmente não entendo.
    Hj em dia, com todas as facilidades que se tem, desde microondas até ipod, de notebook e pc até viagens, shows, etc td é tão moderno e prático... e no entanto eu sempre vejo o povo reclamando, os mais novos claro... de ter mil trabalhos no colégio, milhares de provas na faculdade e vice-e-versa, como se TODOS agora não tivessem mais tempo nem disposição pra nada(exceto nossa amiga Raíssa que faz e acontece eheheh com ela não tem esta frescura de que não vai dar tempo).
    Sei lá... o pior é que eu trabalhei até 2006 como educador e via o ritmo de aprendizado... DEUS, o que se aprende hj em dia num terceiro ou segundo colegial era o q eu aprendia na minha sétima série. Tem uma baita defasagem... hj se aprende mto menos! Eu tinha aulas aos sábados.. hj mal e mal temos aulas os 5 dias úteis da semana.
    E o povo reclama de cansaço, depressão, etc!!
    Juro que não entendo! Antigamente a gente precisava pesquisar um assunto.. eram horas até achar o livro, entre ir à biblioteca, consultar, anotar e voltar. E hoje com internet? Nem ler as pessoas se dão ao trabalho... Uma vez de sacanagem, dei um link falso para pesquisa dos meus alunos que continha vários erros e inverdades. Apenas DOIS alunos leram e questionaram. Só. Trinta e poucos ficaram de bico calado, com o velho copiar-colar!!
    E se reclama da vida... da falta de vitalidade... fala sério!!
    Parei por aqui senão não deixo mais de escrever eheheheh

    BEIJOOO ENORME minha cara e querida amiga!!!
    Se cuida sempre e obrigadinho pela amizade!

    ResponderExcluir
  19. hahahahahahaha cara, também admiro demais essas pessoas. elas são, para mim, a prova de que vitalidade nada tem a ver com idade. eu, por exemplo, aos 21 anos, uns 3 ou 4 de militância, já me julgo velhinha, velhinha. sem disposição ou paciência para isso ou aquilo outro. rs.

    mas de fato não gosto dessa galera que vive se lamentando, que não pode fazer nada, que não tem disposição e blá blá blá. parece contraditório, mas não é não. rs. será que me fiz entender? rs.

    sobre o começo do teu texto e a confição da senhora super disposta sobre a sexualidade de sua filha, hahahaha isso me fez lembrar uma amiga (lésbica) que me contava que nem mesmo sua mãe lhe respeitava mais.

    ela havia lhe pedido para comprar um caderno. já descrente que a mãe atenderia seu pedido, um belo dia eis que chega o tão esperado caderno. feliz ela agradece e abre a embalagem para ver o material. a surpresa: na capa, uma mulher só de biquini saindo da água.

    ela super constrangida pergunta:
    - mamãe! o que é isso?

    e a mãe responde super de boa vida:
    - a minha filha, foi o que eu achei mais parecido contigo.

    hauhauhauahuahuahuahuahuahuahuahuah

    lembrei desse episódio quando comecei a ler teu texto. hahaha.

    beijo,

    ResponderExcluir
  20. Dama, não posso estar mais de acordo, garra de vida e vitalidade nada tem com idade
    Tem toda a razão
    Aquele abraço do tamanho do mundo que já conhece

    ResponderExcluir
  21. ... e de repente vc descobre que a sua vizinha é bipolar.

    hahahahaha
    beijos

    ResponderExcluir
  22. e como diria o chaves, existem jovens de 87 anos e também velhos de apenas 26. xD

    ResponderExcluir
  23. Isso é o que se chama de velhinha ativa! Ela é 10 vezes mais ativa que eu que tenho 19 anos, que vergonha hahaha

    Mas acho que depois de me aposentar, eu não ficaria parada: iria partir para uma viagem pelo Brasil e pelo mundo! Iria nos bailes da 3ª idade também, vai que eu não encontro um velhinho enxuto pra "pegar"? hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. conheço uma mulher parecida,com uma historia mais tragica,ela perdeu o marido. ficou dois meses sem sair de casa,eh minah vizinha de frente. eu ia la fazer visitas e tudo mais. no terceiro mes,ela plantou varias rosas no jardim de cores diferentes,abriu todas as janelas de casa fez uma faxina geral,jogou um monte de coisa fora,doou as roupas do marido,guardou as fotos e o cachimbo só. e um par de sapatos dele que eu num sei pra que.
    começo a fazer comidas deliciosas e distribuir na vizinhança,hje eh um mulher muito feliz,pensionista e tudo mais,de vez em quando eu a acompanho ao medico quando ela presisa,ja que não tem filhos ^^

    ResponderExcluir
  25. Tem como fazer curso intensivo com ela!?!?!
    Nossa...pq minha vitalidade anda zero!!!!! Estou uma morta!
    Vitalidade é tudo na vida de uma pessoa!!!!!!!
    Gde bjo

    ResponderExcluir
  26. Uau! Isso é mais uma prova de que velho é quem se acha velho.
    Virei fã da sua vizinha. espantou muito bem a imagem de dona-de-casa comum que estamos acostumados(as) a ver por aí.

    * A propósito, adorei teu cantinho :)

    Beijoos.

    ResponderExcluir
  27. Sabe minha avó paterna, morreu com 97 anos, e tenho absoluta convicção que não viveu mais por que teve que mudar pra um apartamento e largou suas atividades, com quintal, plantas, galinhas e pintinhos e viver uma vida presa e ociosa...essas coisas traziam uma disposição diária a ela.
    Uma pena
    Bj

    ResponderExcluir
  28. Acho que, em regra, vitalidade tem sim a ver com idade. Também é preciso deixar claro o que entendemos por vitalidade, não é? De qualquer forma, existe sim pessoas como essa sua vizinha, que não se entrega ao passar dos anos e continua vivendo a vida com intensidade.

    Valeu.

    ResponderExcluir
  29. Acho que a idade está na forma de pensar. Sempre achei isso.

    E sua vizinha é um exemplo, de verdade.
    Muito raro ver pessoas mais velhas com essa vitalidade. O comum é estarem por aí reclamando da vida.

    Beijo!

    Ps.: Eu também tô cansada, mas a faculdade está me matando. Tirou todo meu tempo. Agora mesmo, eu tô fuxicando na internet e terminando de ler um texto gigante de sociologia pra fazer o fichamento. Rs.
    Preciso me organizar urgentemente.

    ResponderExcluir
  30. É ter vontade de viver, antes de qualquer coisa.
    Bjitos!

    ResponderExcluir
  31. Eu concordo com você e nem preciso ir longe. Minha disposição é nanodisposição à comparar com a minha mãe. A mulher é uma máquina! Espero ainda ter tempo de me tornar umam ulher tão maravilhosa quanto ela é.

    ResponderExcluir
  32. Eu conheço várias pessoas com o mesmo comportamento que sua vizinha, sabe? Eu acho que eles compartilham de algum segredo, rsrs!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  33. Sabe,me senti humilhada com a história dessa senhora,eu que tenho apenas 14 anos,não faço metade das coisas que ela faz --'.
    É realmente,tem NADA a ver vitalidade com idade,essa sua história é a prova disso,e sei lá,acho que vou começar a mudar algumas coisas aqui em casa,quero ser uma pessoa igual ela,quem sabe não consigo? ;)

    ResponderExcluir
  34. Ando com mtas idéias, mtos planos e projetos.. mas confesso que ando cansado.. talvez seja a idade ehehhe talvez seja uma fase, mas enfim, preciso de um pouquinho de vitalidadeeee Dama querida, Dama de Cinzas amiga maior!
    Aliás.. falando em maior, adorei o seu comentário no meu blog eheheh apesar de achar sua altura perfeita. Se eu pudesse e tivesse com escolher minha alma gêmea ou futura namorada, este seria o segundo quesito entre os fúteis mais desejáveis ahuahaua

    ADORO DEMAIS VC, SABIA? ^^

    Bjoooo!!

    ResponderExcluir
  35. É mulher, tem q agitar, né? Nem que seja ao som de Guilherme e Santiago rs
    ps: vc tem razão. Às vezes é bom largar as quedas deprês lá no passado... Bjs

    ResponderExcluir
  36. Olá...gostei do blog! disposição e alegria é independente de idade...graças a Deus!!!!
    parabens por nos contar isso! t+

    ResponderExcluir
  37. Vitalidade tem a ver com idade, mas não lhe está exclusivamente associada. Até pq, diz-nos a ciência demográfica, velhice hoje não se mede em função do número de anos vividos, mas dos que se espera viver. Aos setenta, hoje, ainda se é novo e pode ser-se uma pessoa plena de energia. Vamos ver quando lá chegarmos... se ainda podemos ir às gatas (as meninas, claro, aos gatos!).
    Bom blog!

    ResponderExcluir
  38. E suas palavras têm vitalidade! São fortes, rasgantes, verdadeiras e poéticas.

    Doce canto de encanto...

    Cheiros!

    ResponderExcluir
  39. AINDA É A CABEÇA QUE LIBERTA O CORPO.

    ResponderExcluir
  40. Fiquei imaginando a velhinha como uma senhorinha bem bonita e simpática. rsrsrs
    Lembrei até da minha avó, que no auge dos seus 66 anos não desce do salto de jeito nenhum!

    Beijos

    ResponderExcluir
  41. Obrigada pelo seu comentário.Adoro visitar seu blog.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  43. Eu naum vou negar que tenho um certo medo de ficar veia e fraca, pq naum é todo mundo que consegue ser forte até determinada idade, mas garanto que trabalharei nisso. ;)

    ResponderExcluir
  44. Bah, eu jurei que já tinah comentado isso aqui, tenho certeza de que já tinah lido...pra ti ver que a minha correria tá grande!
    Mas vamos lá:
    É realmente uma lição de vida esse tipo de pessoa! Pessoas de bem com a vida e consigo mesmo sempre irradiam esse luz, essa diposição, seja na idade que for, eu acho isso realmente admirável!
    Temos que ter e ser mais exemplos disso!

    Bjoks.
    Fábio.

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html