terça-feira, 1 de julho de 2008

Não tenho vocação para Amélia!!!

Andei muito azeda, sem vontade nenhuma de postar, aí sentei no PC e saiu esse "post desabafo" que vale à pena registrar porque ele sempre é atual pra mim.

É verdade, não tenho a menor vocação para os estereótipos femininos de ficar cuidando da casa e dos filhos, lavando, cozinhando e queimando meus lindos dedinhos na beira do fogão!!

Odeio tudo isso! Só cozinho aos domingos, arrumo casa quando acho que tá muito bagunçada (a limpeza pesada eu pago alguém), não passo roupa, gosto de lavar roupa porque é só colocar na máquina e ficar olhando. Não me incomodo de lavar louça, desde que minhas unhas não estejam pintadas!

Vão me chamar de preguiçosa? Sou mesmo, uma preguiçosa assumida! Eu trabalho, ganho meu dinheiro, me sustento totalmente para poder ser preguiçosa em casa! Pra não ter marido ou qualquer homem que seja me perguntando onde estão seus sapatos! Se me perguntar eu vou devolver a pergunta: - Vc sabe onde estão os meus??? Se não sabe, então estamos quites.

Eu só sigo os estereótipos femininos que me dão prazer, para isso eu agüento todas as chateações do trabalho, para quando sair de lá, escolher o que quero e o que não quero fazer.

Quando um homem quer me empurrar um estereotipo do tipo: "fique em casa me esperando enquanto bebo com os amigos", eu viro uma onça!!! Concordo que para homens, viver com uma mulher como eu pode não ser nada atraente! E eu tô pouco me importando com isso, de verdade, sem querer fazer tipinho em blog! Porque se tiver que seguir estereótipos obrigada, eu prefiro perder o marido, namorado, amante!! Eu quero conviver com um homem pelo prazer da companhia dele, não para que ele me "pague" um salário para ser a empregada doméstica dele, esse também é um estereótipo! Se você vai lavar as cuecas do ser amado, como eu faço, faça com prazer e não por obrigação!

Conselho (que se fosse bom era vendido): Transforme sua deprê em raiva! Quando aprendi a transformar depressão em raiva, minha vida melhorou, porque depressão paralisa, raiva faz você agir!

E pra finalizar, como diz a
Cruela: Me economiza que eu tô pouca!

Observações ácidas (aproveitando que to azeda e que o blog é meu e escrevo o que quero):


- Quando será que vai acabar essa onda de "memes", que de tão grande já virou uma tsunami? Ô coisa chata, e pior que tá dando filhote, são as variações das variações dos "memes" que já existem! No início era até legal de se ler alguns, ou mesmo responder. Mas agora são tantos e de tantas espécies que nem tenho mais energia pra pelo menos ler... Bem... como diz o Otávio, sempre tenho que falar em blogs... rs

65 comentários:

  1. É por isso que eu estou sem marido, é por isso que meu primeiro blog chamava-se "Prefiro ser Cinderela do que ser Amélia" e é por isso que ninguém mais me convida prá memes!! hehehehehe!!

    Bota mesmo prá fora, o blog é nosso, mas é seu!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Nem eu para José do Patrocínio ( aquele que patrocina Amélias )
    beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá Dama,acabei de tomar o calmante que me deu,espero que ainda esta noite eu consiga dormir que está bem dificil
    Acertou em cheio na interpretação.
    Bom vamos ao que me traz há sua varanda.
    Pois...eu não me estou a ver 20anos a lavar as cuecas do meu homem e apenas por obrigação
    Pois...não me estou a ver com coragem de mudar a argalia(o saco da urina)e com brincadeiras para não ser tão vexante para ele,apenas por obrigação
    No entanto sou o estereotipo de mulher que tem prazer em mimar seu amor.
    Até levo cafézinho à cama...
    Contudo as coisas tem modos e formas de serem ditas
    Ex: Traz-me os sapatos
    Eu pergunto se está aleijado
    Ex : Baixinha (minha alcunha em casa)estás mais perto dá um geitinho aos sapatos
    Eu até faço na boa
    Vai dar na mesmo é certo mas na hora é bem diferente
    Uma vez ou outra ficar com os amigos,na tranquilidade
    Constantemente ele sabe bem que ao chegar eu também não vou estar em casa
    Um pouco de cuidado como nos tratamos nunca é demais certo?
    Um beijo com carinho Dama

    ResponderExcluir
  4. É acabei de crer que a gente se parece mesmo, rsrs*

    Hoje pela manhã, fiz esse mesmo comentário com uma vizinha a caminho do trabalho, eu tbm não sou mto chegada a cozinha, gosto de comer do bom e do melhor, mas fazer dá uma preguiçaaaa...

    é por isso q eu agradeço a Deus pela mãe que eu tenho que sempre me convida pra almoçar e jantar na casa dela, msm depois de casada, rsrs*

    Eu tbm sou uma preguiçosa assumida, sempre fui e acho q isso nunca vai mudar, até pq não tenho tempo sobrando. De seg a sex (trabalho)
    sabados e domingos (Ensaios da banda e saídas)

    ô vida agitadaaa!

    MOnikisses!

    ResponderExcluir
  5. "A vida é cheia de surpresas, mas nunca quando você precisa de uma."
    (calvin and Hobbes)

    Lembrei muito dessa frase com o finalzinho do seu post.

    ResponderExcluir
  6. Depois a mídia conservadora fala mal dos blog's e nós nos insurgimos, mas olha o que fazemos:
    Memes, selinhos, recadinhos de cá prá lá.
    Socorro.

    Amélia? Aquilo sim que era mulher de verdade... Kkkkkkk

    Bj, Dama

    ResponderExcluir
  7. Rola meio que um "trasmimento de pensação" entre os blog`s. Meu tema é meso parecido... essa inconformação com essa coisa ovelha de ser que as pessoas exigem de todo mundo. tenho sono disso.

    "Me economiza que eu to pouca"! uhauahuahauha

    ResponderExcluir
  8. "Pra não ter marido ou qualquer homem que seja me perguntando onde estão seus sapatos! Se me perguntar eu vou devolver a pergunta: - Vc sabe onde estão os meus??? Se não sabe, então estamos quites"
    Adorei essa resposta!! E concordo plenamente com vc sobre os esteriotipos femininos! Os caras, depois de um tempo, se aproveitam do seu carinho e do nosso amor e quando casam, montam
    em cima da gente querendo que a gnt faça tudo pra eles! Penso a mesma coisa, MÃE???? eles já tem não é verdade?! Devem perceber que somos suas mulheres e não suas bruacas!!

    ResponderExcluir
  9. Putz! Será que eu tenho vocação para Amélia? Adoro cozinhar e dar uma geral na casa as vezes,...claro que, sou solteiro e moro sozinho, por tanto a sujeira e bagunça que faço são pífias e de fácil reversão,... limpo o que eu sujo, mas odeio limpar sujeira alheia,...
    Mas o lance do chopp com os amigos também é a minha cara,...
    Será que sou um paradozo vivo?

    ResponderExcluir
  10. A maior prova disso é que meu quarto está uma verdadeira zona, tenho uma pilha imensa de roupas para lavar e meu namorado cozinha melhor do que eu...

    ResponderExcluir
  11. Não há nada de errado em buscarmos qualidade de vida, concorda? Você tem o direito de fazer suas escolhas, e suas escolhas, por outro lado, se comprometem em evidenciar você, não é mesmo?

    Eu também sou preguiçoso para algumas coisas. Se me sobrasse dinheiro, faria igual a você e pagaria a alguém. É que eu também não gosto de fazer nada obrigado, rsrs!

    Manda quem pode, obedece quem tem juízo, rsrs! Se você pode arcar com essas despesas; ótimo, tudo está salvo!

    Beijo, querida!

    ResponderExcluir
  12. Na boa, não gosto de Amélia. Mulher tem que peitar o homem, tanto na vida quanto na cama. Se a mulher for muito submissa, acaba perdendo a graça e, aí, podem rolar traições, coisa e tal.

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Você é minha alma-gêmea!
    Case-se comigo, por favooooor!
    Hahaha

    Cara, cheguei pro meu namorado e falei basicamente tudo isso aí que você disse no post. Ele não ficou muito feliz não, mas fui sincera.
    Não vou me fazer de mulherzinha perfeitinha e empregadinha doméstica pra satisfazer alguém.
    Prefiro ME satisfazer.

    E se eu terminar minha vida como uma solteirona, pelo menos terei as unhas intactas. Hahaha

    Beijo!

    ResponderExcluir
  14. Um pequeno poema a comentar,
    ANJOS (Terrenos)

    Aos Anjos a Divindade chama-os mais cedo a regressar,
    mariposas sensuais que mal começaram a voar!

    A RUSLANA KORSHUNOVA - (Top Model)

    Um bem-haja

    ResponderExcluir
  15. ô amiga...
    somos duas então...
    copmo diria uma amiga minha, não sou umamenina prendada!

    vlw por passar lá no meu blog!

    bj

    ResponderExcluir
  16. Obrigado pelo belo comentário no meu blog, mas é que eu andava meio sem tempo e resolvi postar tudo de uma vez só.

    e quetão de amélie, não faz meu tipo prefiro as rebeldes.

    ResponderExcluir
  17. gente, que catarse! hahahaa

    Bem, eu tenho lá minhas semelhanças vcom você. Mas há momentos em que incorporo mulherzinha. Dura até eu acordar pra vida, colocar os podres pra fora e ficar escrota, soltinha, nas gandaias. ;)

    Um pouco de um tudo!

    ResponderExcluir
  18. Dama, bate aqui! o/ \o
    Também não sou nada Amélia! Mal sei botar a roupa na máquina pra lavar, cozinhar eu sei um pouco (mas só gosto de cozinhar quando tô com vontade), tenho horror a limpar qualquer parte da casa (principalmente o banheiro, ew!) - mas gosto de ver tudo sempre limpo, passar roupa eu não sei hahaha, e não me imagino nem tendo filhos e marido pra cuidar sendo dona de casa. Lavar louça pra mim é o pior dos males; para unhas feitas, luva. Se ele quiser beber com os amigos, eu saio com as minhas amigas (gastando o dinheiro dele, claro haha) e ficamos quites.
    Como disse uma colega minha: "quando me perguntam onde estão os sapatos, eu falo 'sou eu que vou calçar?'. Não né, então vai procurar você!"

    Eu não sou uma mulher do tipo subserviente também, não. Eu até gosto de ajudar às vezes, só que por vontade própria, eu até ofereço ajuda dependendo da situação, mas nunca por obrigação.

    Adorei o "Me economiza que eu tô pouca!" Excelente! x)

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Tá muito certa em não seguir os manuais de instrução escritos no século passado a respeito de como uma boa mulher deve se portar. Aliás, todo manual de instrução é lixo. E concordo contigo: meme bom é meme morto :P
    Bjo!

    ResponderExcluir
  20. Às vezes, um desabafo vale mais do que um texto pensado, curtido, lido e relido.
    Cada palavra expõe a realidade em carne viva, ao vivo como uma reportagem.
    Dama News: a vida como ela é.
    beijo

    ResponderExcluir
  21. nossa... o pior eh q eu concordo.

    homens ¬¬
    acho q sou um deles =D

    hhahaha

    e bem, teu blog n se chama confissoes acidas?
    entao
    ta mais do q certa por pra fora aqui oq te engasga ^~


    bjoo

    ResponderExcluir
  22. Aqui tenho um problema extra, como tenho dois dogues alemães, ninguem quer vir limpar minha casa... rs... resultado: uma vez por semana tenho que encarnar a diarista e tentar me divertir com o trabalho... rs...

    Beijo e mais beijos...

    ResponderExcluir
  23. Tem um filme bem antigo, do Peter Bogdanovich, chamado "Essa pequena é uma parada" ( é tão das antigas que é estrelado pela Barbra Streisand ainda jovem) e onde a personagem principal é tão neurótica com as funções domésticas as quais ela se obriga que o marido, de saco cheio, cria para ela um personagem para esses momentos de delírios de mulher escrava do lar. Sim..o cara acha que essa mulher que só pensa na casa e nas atribuições não é a mulher com quem ele casou. Bom...a esse personagem ele dá o nome de Eunice.
    Então, tudo isso é só para te contar que através da vida, independente que tal qual você eu sou, criei esse alter ego para mim também. Permito-me, quando estou afim ou - na época que meus filhos eram pequenos - quando é inevitável, incorporar-me desse espírito Eunice e até curtir dar uma arrumada geral ou cozinhar. São períodos fugazes, contudo. Quase bissextos. Fora do trabalho, só quero hoje em dia a vida hedonista. E aí até incluo às escolhas de comprometimentos com alguns projetos solidários. No mais, quero divertir-me. Sair, passear, viajar, comer fora e chegar em casa só para o bem-bom que vida íntima oferece. Acho que você tem toda a razão.
    E desculpe o ignorância: mas o que são "memes"???? bjs

    ResponderExcluir
  24. Nossa, bom saber que não sou a única que segue essa linha, além de vc, ainda têm as outras meninas que comentaram aqui. É como vc disse mesmo; entre fazer as coisas por prazer e fazer por obrigação, existe uma diferença muito grande. Eu mesma, não tenho prazer em ficar fazendo serviços domésticos... Então, pra quê ficar na obrigação de fazer o que não gosto? É muito chato.
    Eu passei um tempo morando sozinha (na verdade, com dois irmãos, que só estavam presentes na hora da desorganização) e pra mim isso foi um pouco complicado, porque eu detesto sujeira e não pagava ninguém pra me ajudar, aí tinha que me virar sozinha se não quisesse ver tudo uma bagunça. Foi aí que percebi que não tenho vocação meeesmo! Fazer o quê...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Não tem motivo, mas sempre acabamos rindo da desgraça alheia... talvez pq a gente se identifique com ela! Vou linkar seu blog no nosso, ok?? Passa lá. Beijo tchau.

    ResponderExcluir
  26. Menina isso sim é desabafo hein! Olha mas te entendo, sei q tbm não tenho vocação pra ser assim! Tenho a cabeça muito parecida com a sua. Não quero me casar tão cedo, prefiro aproveitar muito antes disso, e é melhor ralar num emprego pra gente poder nos sustentar sem ter q dar satisfações a ninguém, do q ter um marido q nos banque, mas em função disso temos q estar em casa fazendo faxina, comida e cuidando dos filhos! Pelo amor de Deus, não sei como tem mulheres q ainda agem assim... Como vc msm disse: "Se você vai lavar as cuecas do ser amado, como eu faço, faça com prazer e não por obrigação"

    Muito bom seu blog mocinha, se quiser depois passa lá o meu!

    BjO.

    ResponderExcluir
  27. I wish were here.............e tá doendo.
    beijo

    ResponderExcluir
  28. rs, thanks pelo link, acho q fui insistente neste ponto, mas eu gostei da citação da cruela, me lembrou, não sei pq, de uma cantada q eu ouvi uma vez: não rebola mto q meu dinheiro é pouco. hauahauha e aproveitando o tema, no caso, o machismo, acho q vc não deve se preocupar, acho q nenhum homem, eu pelo menos, é saudosista em relação às amélias, pois essas coisas todas, de cuidar da ksa e tal, me parece pra lá de secundário. Só tenho minhas dúvidas em relação à recíproca, pois acho q as mulheres continuam é gostando dos homens maus, daqueles q ainda gospem no chão!
    E o conselho é bom demais pra ser de graça. Aliás, acho q a origem de toda raiva é algo assim, como diria rnato russo: "e tudo aquilo contra o q sempre lutam é exatamente tudo aquilo q eles são", mas sei não, sou mais de me juntar ao inimigo, por isso aderi aos memes tb heheh

    ResponderExcluir
  29. Eu tb não tenho nenhuma vocação pra Amélia... Sou q nem a Samantha Sweet (do livro, da Sophie Kinssella- acho q é assim q se escreve-, q aliás é mto bom..., q fala sobre uma advogada nem um pouco prendada q decide dar uma de empregada... mto cômico... ficava me imginando nas trapalhadas dela...hehe)

    Bjus!!

    ResponderExcluir
  30. eu gosto de arrumar a casa pra mim, odeio arrumar bagunça dos outros.E como lá em casa não tem máquina, detesto ter q pintar minhas unhas dependendo de quando eu vou lavar roupa ou não.mais um dia ainda deixo de ser pobre.

    ResponderExcluir
  31. Adorei essa do : "ME economiza que eu to pouco"
    hehehehe...
    Você não está azeda hoje...
    você é uma Dama, do seculo XXI que está cansada do velho senso comum do passado, lugar de mulher realmente não é no fogão...

    P.S.: Eu ainda estou desconsolado por ter esquecido meu aniversário!
    Mas ano que vem, Não esqueço!!! (risos)

    P.S.: Você sabe como tirar aquele codigo enjoado quando se comenta no meu blog? Já tomei uma surra, e até agora nada!

    BeijoS!

    ResponderExcluir
  32. ótimo que segue seu instinto. Mas, ser dona-de-casa ou dono-de-casa não desmerece ninguém quando isso é feito com prazer. Inclusive, você colocou isso muito bem no post quando disse: "Eu quero conviver com um homem pelo prazer da companhia dele, não para que ele me "pague" um salário para ser a empregada doméstica dele".
    E quanto as memes: Nunca respondi UMA sequer. Só de ver já enchi.

    Bom fim de semana, Dama


    Bjos

    ResponderExcluir
  33. Seguinte, por incrível que pareça, não sou preguiçosa... sou é morta na preguiça. Na verdade "a preguiça é um estar em mim"... se tivesse uma pessoa pra secar entre os dedos do meu pé todo dia eu ia achar era bom.

    ps. nunca respondo memes, sou a corta corrente, Acho que por isso nunca recebo.

    ps2. obrigada pelo abraço afetuoso

    ps3. vou linkar você.

    ResponderExcluir
  34. eu tbm n nasci para ser amelia + gostaria de ser um pouco mais e n muito...rsrs

    o importante é q vc está feliz.. ficar ao lado de alguem para ser amélia é deprimente..

    beijos fofet's tudo de bom

    ResponderExcluir
  35. hahaha, dama!
    vc é como eu, que fica ainda melhor quando está de mu humor!
    sensacional!

    sobre as amelices desta vida, nada que rola por imposição tem longa duração. essa é a verdade!

    mas se rolam mulheres que se sentem satisfeitas em receber um salário para ser empregada do marido-barra-namorado-amante e elas forem felizes assim, que assim seja...

    beijos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  36. Preguiçosa?? Porque? Não eram os homens que durante séculos não fizeram nada porque trabalhavam...e as mulheres faziam-segundo os mesmos homens- porque não trabalhavam. Mas hoje em dia os direitos têm que ser iguais. Para mim é isso e ponto. Claro que alguém vai ter que limpar a casa, mas sem neuras, vocÊ paga, acho que é uma boa alçternativa, nada de começar na beira da casa e quando chegar no fim voltar na outra ponta, sem pó, sem nada. Isso é martírio eterno. Por isso valorizo as profissionais donas de casa,e empregadas domésticas, que são heroínas.
    Acho que você tem razão, faça se der prazer...nada de mais se as coisas forem dividivas entre os companheiros, mas nada de se escorar porque ela é mulher....isso é total estereótipo...e péssimo... coisa do século passado que nunca deixa de ser atual, msa que a semente da igualdade ainda florescerá...assim o espero...rsrs.

    Bom...era isso...Bjoks!

    ResponderExcluir
  37. Adorei esse desabafo! E acho que quem paga as próprias contas e dá o melhor de si não tem que bancar a Amélia para fazer a social porríssima nenhuma! O homem que não entender isso que vaze! Também prefiro ficar sozinha ficar com um mané que queira que eu dê de conta de tudo o que ele perde!
    - só recebi um meme, e como não postei nada ainda, ele continua lá, o segundo texto da página inicial. Pode ser que eu poste logo alguma coisa (interessante) e ele suma dos arquivos recentes.

    Seu blog é ótimo!;)

    ResponderExcluir
  38. patsamp.blog-br.com

    -se quiser ir lá, claro.

    ResponderExcluir
  39. Trabalhar fora e ainda ser 1000 dentro de casa não dá né! Tb não sirvo para Amélia... e pode juntar a preguiça com o meu humor ácido, rs.

    Bjocaaaaaaas...

    ResponderExcluir
  40. Bateste ponto? mas eu não sou patrão, senti um certo enfado, um cheiro de tédio.
    E o cartão ? viste

    ResponderExcluir
  41. Nossa! Você está brava mesmo,hein? rsrs Sobrou até para os memes. rs Mas isso é chatinho mesmo. rs Até curto ler alguns, mas nunca respondi a nenhum. rs Bjos!

    ResponderExcluir
  42. Hahahahahaha!
    Ótimo post Dama...
    Ai essas Amélias...

    A propósito, a cadelinha é minha, Ciça!

    Beijos e bom final pra vc!

    ResponderExcluir
  43. De nadinha flor!!!!!

    Obigada pelo comentário tbm.

    BjO.

    ResponderExcluir
  44. Só quem aceita ser Amélia nos dias de hoje são as desprovidas de conhecimento. Admiro as mulheres multitalentosas, mas entre escolher por uma casa feliz ou um sucesso profissional, fico com a segunda alternativa.

    ResponderExcluir
  45. Oi, tudo bom?
    Adorei o blog. Tu tem o "dom" da escrito. É fato. Inclusive acho que tu gostarás do nosso blog também, pois é um espaço onde falamos desse Universo chamado "Homens & Mulheres" de uma maneira totalmente nua e crua. Sem máscaras. Com experiências próprias, idéias, teorias, etc. Dá uma passada lá e vê o que tu acha, ok? Te aguardarei. (Jurandir)

    O Equilibrador de Pratos
    "O que os homens pensam?"
    Relacionamentos. Teorias. Discussões. Comentários. Mulheres. Sexo. E pratos equilibrados em varinhas. Bem-vindo à vida real.

    www.oequilibradordepratos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  46. Oi! Passa lá no meu blog! Tem post novo! =)

    Bjus e bom domingo!=)

    ResponderExcluir
  47. Cara, dá para le e reler voce toda hora. Muito bom isso tudo aqui.. Otimo blog, gosto muito daqui.

    ResponderExcluir
  48. É difícil encontrar Amélias Hoje.
    Talvez porque Se confude em "ser Amélia" com pura submissão.

    Obrigado pela sua visita!
    Abraço

    ResponderExcluir
  49. Caramba! Acho que nunca, em toda a minha vida, me identifiquei tanto com este post e seu pensamento e ser, como agora! E olha que entrei aqui sem querer porque estou ociosa no trabalho! Sou exatamente assim como vc! Tô bege! rsrs
    Visitarei aqui com mais frequencia agora!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  50. Eu assino embaixo!!!
    Inté!

    ResponderExcluir
  51. Olá Dama! Como vai?

    Disse tudo!

    Também não suporto esses estereótipos femininos! É claro que eu jamais iria generalizar e afirmar que hoje em dia não há pelo menos uma mulher que seja feliz assim, mas eu também não seria feliz ... jamais seria uma mulher que traz cerveja pro marido na frente da televisão e ainda pergunta: 'como foi seu dia?' Jamais seria daquelas mulheres que se conformam em ganhar um corsa branco do marido e ir fazer compras no supermercado pra depois preparar a comida preferida dele no jantar...enquanto isso ele fica lá na bar bebendo com os amigos! =P Jamais... ainda em que eu não corro esse risco...

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  52. Legal tua passada pelo nosso blog. Só que tu comentou no post do mais egocêntrico e esquizofrênico dos três. O tal do "Hannibal" (Aníbal pra mim). Tu tinha que entrar e postar nos MEUS posts: onde eu assino "Jurandir". hehehe. Beijos. (Jurandir)

    ResponderExcluir
  53. Oiee Dama de Cinzas.
    Bem, deixa eu tentar organizar as idéias. Primeiro de TUDO: Confesso que AMEI o post. Não te achei amarga. Achei maravilhosa, pq adorei saber q Vc é assim. Acredito que se toda mulher tivesse esta percepção da vida, poderiamos ter um mundo INCLUSIVE menos machista, menos besta. Quanto a esta coisa do homem que pergunta onde estão os sapatos, infelizmente este exemplo q vc usou e outros tantos está muito presente nas nossas vidas todas, e muitas aceitam, assim como em geral os homens por comodismo, egoísmo e tudo o mais, nem pensam que podem mudar.
    Vou confessar mais: PREFIRO em 100% encontrar uma pessoa como Vc do que mto nhem-nhem-nhem.
    Enfim, acredito que a vida deva ser vivida com respeito entre as pessoas, em relacionamentos, amizades, no trabalho e tudo o mais. Pena que quem tente fazer isso seja visto como estranho no mínimo.
    Sobre memes... voltei a blogar outro dia e me sentí tentado a memezar um dia, mas como sempre quero escrever alguma coisa, a vontade acabou passando. Mas unzinho eu ainda quero escrever ehehe XD
    Tenha um lindo dia, como só Vc merece ter, feliz, altiva e perfumada!
    Bjos! =) Admiro seu jeito, adoro te ler!!!

    ResponderExcluir
  54. primeira vez no blog, e ja concordo com tudo, eu ate limpo a casa as vezes pra nao dizer q nao faço nada, mas fazer esta longe de gostar, e se o meu marido quisesse sair para beber blz.. pode irrr... mas qndo ele voltar eu ainda nao terei chegado em casa pq sai com meus amigos...Amélia é que nao era mulher de verdade... dhasuihdas


    beijao

    ResponderExcluir
  55. Pode parecer estranho, sou independente assim como você, mas sábadoo é dia de ligar o som nas alturas e arrastar móveis e fazer A FAXINA, eu adoro... Achoq ue tenho vocação... Embora isso deva ser espontaneo, nada de compromisso com a faxina, isso é o fim...

    ResponderExcluir
  56. Nossa, acho que todas as mulheres são assim.Acertou em cheio, amiga, é isso!.Quanto a depressão ,sofro deste mal desde menina, só que naquela época, as pessoas achavam que era "fricote", só depois que fiquei adulta começaram a levar a sério.Um grande abraço.
    Fiz postagem nova, se tiveres tempo apareça por lá.Um grande abraço

    ResponderExcluir
  57. O pior é que ainda existem homens que procuram "amélias"...

    Não sei cozinhar, não sei lavar roupa, não sei fazer nada de casa. Mas, no meu emprego, costumo ser a melhor, a mais dedicada, a mais esforçada. Isso porque amo fazer isso. A vida é assim. E, se um homem me disser que precisa de uma mulher que cuide da casa, vou sugerir que procure no supermercado, em alguma prateleira.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  58. Porque a uma empregada se paga com notas, e a uma Amélia não se paga.
    Sempre certa dama. bjo

    ResponderExcluir
  59. "Me economiza que eu tô pouca"! Menina, você é do balacobaco!!!
    Gostei! rssssss

    ResponderExcluir
  60. Olá Dama!! Adorei tanto seu texto que tomei a liberdade de escrever uma poesia mostrando o "Amélia" me transmite, principalmente ao ouvir a música cretina que fizeram dela uma pessoa tão conformada e inerte ao rótulo de mulher perfeita. Escrevi o que Amélia me transmitiu... Mas ainda ei de escrever a resposta de Amélia, as confissões ácidas e desbocada da Amélia emputecida com tudo isso.
    Beijos, e volte logo!!!

    ResponderExcluir
  61. Não sei em que tópico do seu blog poderia postar este meu desabafo. Se não for este o melhor, por favor, mude-o.
    Sou empregada doméstica e sou assediada pelo meu patrão. Não sei se o meu proceder e suas razões são corretos.
    Começou quando um dia ele se mostrou totalmente nu e excitado para mim. Tomei um baita susto porque não esperava e fiquei fula da vida pelo desrespeito e pela humilhação. Disse que não era o tipo de mulher que estava pensando. Ele tentou me acalmar dizendo que só queria que eu olhasse e nada mais. Mesmo assim, obviamente, fui embora imediatamente decidida a voltar no dia seguinte, contar tudo para a mulher dele e pedir as contas.
    A noite em casa refleti um pouco. A minha patroa gosta muito de mim e é muito boa comigo. Ela conseguiu bolsa de estudos numa escola particular para a minha filha de 10 anos que é tudo o que importa na vida para mim, pois sou separada. Ela está super feliz lá. Me acorda todas as manhãs cedinho para que eu a leve e é excelente aluna já tendo ganhado prêmios pelas boas notas. Antes, na escola pública, ela detestava ir à aula. Se eu pedisse as contas ou contasse a respeito do assédio do marido com certeza aquilo ia acabar. Percebi que eu só tinha a perder e que só eu tinha a perder. Levar o caso à justiça? Minha palavra contra a dele. Não ia dar em nada.
    Com o passar do tempo as investidas se intensificaram. Passou a pedir que o tocasse e um dia me pediu sexo oral. Eu ficava cada vez mais angustiada e confusa se valia a pena continuar me submetendo àquela humilhação. Apesar disso, entre um assédio e outro, ele conversava comigo como se fôssemos amigos de longa data e como se o comportamento dele fosse a coisa mais natural e normal do mundo. Certo dia me pediu para tirar toda a roupa e deitar com ele na cama onde dormia com a esposa. A visão do meu corpo nu o excitou. Ele me acariciou, me apalpou, passou a mão por todo o meu corpo, me beijou, se esfregou em mim, mas rapidamente perdeu a ereção. Então me confidenciou que passava por uma séria crise de meia-idade agravada por uma andropausa precoce. Sei que não conseguir manter uma ereção, o que torna a penetração inviável, e não conseguir ejacular para um homem quase equivale à morte. Por vezes me pede para deitar de bruços para tentar sexo anal, mas é uma ereção e penetração incompletas que o satisfazem parcialmente. É o máximo que consegue.
    Continuo me submetendo a esta situação. As vezes me sinto como uma vadia vulgar vendendo favores sexuais, mas acho que estou mais acostumada. Não sei se estou agindo certo e tenho muita vergonha de que minha filha um dia descubra o que faço para dar-lhe a chance de uma educação melhor e para vê-la feliz.

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html