domingo, 22 de setembro de 2013

Bissexualidade...



Não é novidade para muita gente que eu gostaria de ser bissexual. No entanto, sei que isso vai ser difícil, pois já tentei transar com mulheres antes e depois da mudança do meu corpo e não rolou tesão da minha parte. Não foi de todo ruim, mas não posso dizer que foram relações sexuais satisfatórias. Gosto do beijo feminino, mas nunca me encantei por uma mulher a ponto de querer namorar ou algo semelhante. Mas é algo que gosto de deixar em aberto. Detesto me sentir fechando questão, gosto de poder mudar de opinião quando um novo caminho ou pensamento me parece melhor. E em relação a sexualidade funciona do mesmo jeito.

Fico imaginando que deve ser muito bom ser bissexual, posso até estar fantasiando a coisa. Imagina a gente se cansar de todas as manias de um sexo e simplesmente querer descansar de ter relações com ele e pular para o outro sexo? Deve ser bom, gente! Claro que estou colocando a coisa de uma forma muito simplista, que cada bissexual deve sentir de um jeito, ter mais preferência por um dos sexos. Mas, no geral, ele joga com mais com mais possibilidades de relacionamento.

Dia desses conversando com amigo no Skype, numa conversa bem reveladora, por isso não coloco o nome dele aqui... rs... conversávamos sobre isso; e num determinado momento disse a ele que acreditava mais quando uma mulher me diz que é bissexual do que quando é um homem. Acho que a mulher se sente mais livre para experimentar uma outra mulher, sem que isso vá ferir sua moral e princípios como acontece com os homens. Creio que para os homens isso se processa de uma forma muito mais pesada, com mais culpas, mais posicionamentos sociais complicados. O homem quando experimenta uma relação homossexual conscientemente, isso já foi muito pensado, já teve que pular mil barreiras internas, vencer o seu machismo, e a tortura do que os outros vão pensar. Então quando vai, certamente é porque tem a convicção íntima de que prefere os homens mesmo. Por isso não é incomum, ver homens que tinham uma vida hétero, num determinado momento ultrapassar a barreira da homossexualidade e simplesmente não voltar a ter relações com mulheres. Podemos dizer que esse homem é bissexual? Prefiro acreditar que num determinado momento assumiu para si mesmo sua homossexualidade e parou de se enganar.

Nessa linha de raciocínio vejo muitos homens se dizendo bissexual. Mas o fato de conseguir ter relação com uma mulher, não significa ser bissexuais. Acho que ser bissexual é realmente estar aberto para ter um relacionamento com pessoas, independente de sexo.  Mas é claro que existem homens verdadeiramente bissexuais, só que, definitivamente, não são todos esses que se dizem ser. Para o homem, dizer que é bissexual é como estar num patamar superior, é como se fosse "menos grave" do que ser homossexual, segundo o olhar machista da sociedade. É como se tivesse afirmando que existe um lado macho dentro dele, que nem tudo está perdido, que tem como fazer o caminho de volta, algo nesse sentido. 

Já com as mulheres é um tanto diferente. Claro que as mulheres tem travas para se relacionar com outras, não vou dizer que é fácil e tal. Mas me parece que se a mulher sentir algo por outra, creio que tenha mais facilidade de ultrapassar suas barreiras internas e sociais. Pode ser que esteja enganada, dizendo uma grande besteira, mas parece que a mulher se permite mais experimentar outra mulher, gostar disso e mais tarde voltar a se relacionar com homens. Sem contar que a sexualidade da mulher é diferente, envolve um todo, geralmente não se resume ao ato sexual em si. A bissexualidade da mulher tem mais leveza, os homens até incentivam,  já que está ligada ao velho fetiche masculino de transar com duas mulheres.

Eu me dou melhor com os homens bissexuais. Parece que tendem a ser menos machistas, mais mente aberta, mais bem preparados para uma relação com uma mulher diferente. Tive alguns parceiros bissexuais com preferência para mulheres e certamente foram melhores do que os héteros em termos de mentalidade. Tenho um jeito muito peculiar de enxergar a sociedade, e os homens bissexuais que conheci tinham esse jeito, não sei se todos são assim, só falo pelos que conheci. Com isso não estou afirmando que as transexuais preferem os bissexuais, comigo é assim.

Concluindo, acho que tudo se resume no quanto você está aberto para os dois sexos. Tanto mais bissexual você será, quanto mais aberto estiver para se relacionar com pessoas dos dois sexo.

28 comentários:

  1. Eu sou heterossexual e a idéia de sair com mulheres, nem que seja pra experimentar, não me apetece! Quem me dera ser bi ou gay, que seja! Porque tenho amigas lindas, inteligentes, maravilhosas e a pessoa que ficar com elas será muito feliz!
    E sim, eu imagino como é ficar cansado das manias de um sexo e descansar com outro... Deve ser muito bom! Mas mulher não me atrai! No máximo, desperta a minha admiração. Que pena!!
    E welcome back!
    Olha o meu sorrisão pra vc! =D
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. mulher tem a alma mais aberta pra tudo, inclusive para entender a sexualidade. a alma das mulheres olha de maneira mais intrínseca, mais... "por dentro". creio eu...

    nunca tive vontade de ser bissexual, desde q me lembro por gente nunca senti desejo por mulheres. gozado q tb nunca senti falta de gostar de mulher, me sinto bem do jeito como sou.

    mas realmente, se vc fala que é bissexual, parece que as pessoas tem mais facilidade em entender do que qdo se fala que é gay.
    enfim, a cabeça humana é complicada. regras, regras... como deve ser, como tem que ser, em conflito com a realidade.

    ResponderExcluir
  3. Independente do que a sociedade acha ou de princípios religiosos acho que o que conta é a atração, o clima, o toque, a química que rola entre dois seres humanos. O resto são consequências que cada um assumirá consigo mesmo.
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  4. Engraçado mas esse tema me gera dúvidas! fico pensando até que ponto alguém consegue equilibrar isso dos dois lados. Se é que tem que equilibrar? ou será que o fato da pessoa simplesmente conseguir transar com alguém do mesmo sexo tranquilamente já faz dela Bi? e outra bissexual não envolve a capacidade de namorar e amar alguém dos dois sexos? são questões que de fato não entendo, sempre me da a impressão de que um lado vai prevalecer sobre o outro definindo o lado e nos forte como uma exceção! bjo!

    ResponderExcluir
  5. Perfeito esta sua reflexão ... foi didática, principalmente qdo vc coloca de forma equilibrada este parágrafo: "disse a ele que acreditava mais quando uma mulher me diz que é bissexual do que quando é um homem. Acho que a mulher se sente mais livre para experimentar uma outra mulher, sem que isso vá ferir sua moral e princípios como acontece com os homens. Creio que para os homens isso se processa de uma forma muito mais pesada, com mais culpas, mais posicionamentos sociais complicados. O homem quando experimenta uma relação homossexual conscientemente, isso já foi muito pensado, já teve que pular mil barreiras internas, vencer o seu machismo, e a tortura do que os outros vão pensar. Então quando vai, certamente é porque tem a convicção íntima de que prefere os homens mesmo. Por isso não é incomum, ver homens que tinham uma vida hétero, num determinado momento ultrapassar a barreira da homossexualidade e simplesmente não voltar a ter relações com mulheres. Podemos dizer que esse homem é bissexual? Prefiro acreditar que num determinado momento assumiu para si mesmo sua homossexualidade e parou de se enganar."

    Isto resume tudo sobre o tema ... é por aí mesmo ...

    Eu por mim tb gostaria de ser bi e acho q isto seria a forma mais natural de encarar o SEXO ... sem barreiras, sem preconceitos ... SEXO é prazer pura e simplesmente ... o resto é hipocrisia gerada a partir de posturas culturais ... Mas infelizmente eu não sou ...

    ResponderExcluir
  6. Querida,esse tema me leva à minha adolescência. Sabe quando você está se descobrindo e acha engraçado ver o sexo oposto e não sentir nada. Pois é! Isso aconteceu comigo. Não sinto nada ao ver uma mulher. Nem tentei me relacionar com elas. Achei que iria ser uma catástrofe. kkkkkkkkkkkk
    Até hoje não me vejo jamais tendo um relacionamento com uma mulher. Sou homossexual convicto. Acho até legal os Bissexuais que conseguem diversificar os seus relacionamentos. Mas comigo não rola.

    Maravilhoso texto! Parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que tudo isso tem relação com o que a sociedade dita ! E no momento e desde que me entendo por gente, as pessoas acham bonitinho ver pornô de mulher com mulher. Se acostumam...rs

    E me apresenta esse amigo bi ! rs

    E acho que essa conversa foi na epoca do MSN.

    ResponderExcluir
  8. eu gostaria que a humanidade inteira fosse bissexual - incluindo eu mesma (admito: tentei, mas não sinto nenhum tesão em mulheres...).

    ResponderExcluir
  9. Dama... eu nunca pensei em ser bi.
    Nunca senti vontade. Eu tenho certa implicância com algumas atitudes femininas, não tenho muita paciência para os xiliques, talvez por isso nunca tenha pensado em me relacionar com uma.
    Mas que hoje em dia ser bi, abriria um montão de possibilidades abriria.
    Bêjo

    ResponderExcluir
  10. Me lembrei agora de uma amiga que disse certa vez: "Ser bi é pior que ser gay. Pq a pessoa simplesmente não se decide do que gosta!"
    Achei muito engraçado isso na época.
    O que eu penso sobre isso? Eu não gosto de ficar me definindo como gay ou hetero, não gosto de rótulos. Quando alguém me pergunta eu digo que sou bi, só pq não quero me limitar.

    ResponderExcluir
  11. Dama, nunca senti à vontade em ser bissexual. Até tentei algumas vezes, mas era só mesmo tipo fachada, para mostrar ou me enganar!

    Penso que pessoas bissexuais estão sempre transitando entre um mundo e outro. Não vejo com bons olhos essa transição, pois até hoje não conheci alguém que me mostrasse por A+B que estão plenamente satisfeitas em seus relacionamentos. Parece mais uma coisa tipo oba-oba e só!

    Algumas pessoas "bi" que conheci não me trazem boas recordações. Como também não deixou nada de relevante pra mim, então não poderia incentivar outros a serem ou aplaudir os que são!

    Meu carinho e respeito! beijão

    ResponderExcluir
  12. Uma vez um gay me disse q a sociedade do futuro sera bi... Será?

    ResponderExcluir
  13. Gostei de ler seu ponto de vista. Acredito tb que para homem uma vez ultrapassada a barreira não ha retorno...conheço mulheres que depois de casadas, viúvas e tudo mais resolveram experimentar outras mulheres e depois voltaram a vida de antes...rs rs rs..até nisso a mulher é complicada...rs.

    beijão e boa semana.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Dama!
    Nunca senti atração pelo mesmo sexo e noutro dia, uma amiga veio perguntar se existe ex-gay. Bah, quem sou eu para responder sobre isso? Vivemos um momento que daqui para a frente não poderemos enquadrar pessoas em categorias sexuais. Quem sabe pinta uma mulher que lhe vire a cabeça? Não sabemos o dia depois de amanhã.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  15. Dama, interessante essa reflexão da liberdade da mulher na bissexualidade e as questões morais mais pesadas para os homens. Nunca tinha pensado nisto.
    E, como o Cristiano, também já ouvi sobre a sociedade do futuro ser bi, mas isso, por estranho que possa parecer, foi no âmbito espiritual.
    Beijo!

    Ah! Já ia me esquecendo: a pergunta que você deixou no post dos remédios distribuídos, sim foram todos assistidos pela Dra Rita Lina!
    E que especial ter visita de passarinho no lar e no trabalho. Adorei saber!

    ResponderExcluir
  16. Sou hetero mas tenho amigas homo,elas me contam como é e tal,nunca me interessei realmente,mas como me relaciono bem com gays,bis e sei lá mais que nomenclaturas usar(transito com facilidade no universo gay, em geral) só sei de uma coisa: minhas amigas e amigos que assumiram sua verdadeira sexualidade são mais felizes que os demais,presos ao medo,travados..eu acho que todo mundo merece ser feliz,mas tem que ser aqui e agora,"o tempo não pára",já dizia o Cazuza...

    ResponderExcluir
  17. Dama vou mentir e ser mesquinha se eu disser que concordo com vc. Respeito 100% o que vc sente e juro que até entendo, mas não sinto o mesmo. Sou hetero na essência e não sinto vontade alguma de me relacionar com pessoas do mesmo sexo que o meu, mas conhecendo sua vida e sua luta reconheço que seria mais fácil pra vc mesmo né?
    Mas tem coisas que não conseguimos controlar! Assim, acho que vc deve respeitar o que realmente te faz feliz!

    Beijo grande Dama! É sempre um prazer conhecer um pouco mais do que vc sente!

    ResponderExcluir
  18. Querida Cris...que raiva...ontem escrevi um comentário super legal e na hora de mandar deu "tilte"!!!!!
    Mas vamos lá de novo...
    Que saudaaaades.... Acho que você deve ter percebido que sumi da vida virtual né? Por isso não tenho aparecido!
    Mas ontem bateu a saudade e comecei a ler teu post, e comecei a ficar perdida, aí li outro e outro e outro até chegar no da revelação!! E wooowww.....parabeeeeens pela sua força e coragem, te admiro por isso, adorei!!! Queria que você soubesse que não sumi por isso não, foi coincidência mesmo!
    Bom... Acho que era mais ou menos isso que eu tinha escrito ontem, espero que esse comentário entre...rs...
    Minha vida anda meia enrolada por isso ainda não tenho tido tempo ou saco para entrar de novo no mundo virtual, mas não descarto a possibilidade de volta,não !!
    Mil bjs!

    ResponderExcluir
  19. Oi Dama, como sempre adorei o post, eu sou bi e gosto muito de ser assim, sou feliz e me aceito assim, mas as vezes é complicado, pq geralmente, seu companheiro(a) fia inseguro, não sabe de quem ter ciúmes e preconceitos bestas mesmo que não ligo. Gente que já disse que eu era vagabunda por isso, ou me mandar deixar de safadeza e escolher um lado só kkkkkkkkkkkkk, dou gargalhadas de tudo isso. Saudades de você. Beijos.
    http://blyza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Dama:

    Graças a Deus não tenho travas sexuais neste sentido, eu transo os 2 sexos numa boa mesmo...rs Já tive algumas experiencias muito bacanas com mulheres mas eu me sinto muito mais realizado sexualmente falando com outro homem.

    Beijo e parabéns pela belíssima postagem.

    ResponderExcluir
  21. Minha muito estimada amiga Cris, adoro teus posts e tua linguagem, mas este esta muito difícil fazer um comentário, pois sempre parto os comentários através do que sinto, do que vivo, e nesta área, confesso, não sei pra que lado ir, talvez aí esteja o motivo de minha solidão eterna, eu não sei o que quero, quer dizer, eu sei, mas não sei. Não sou um ser bem resolvido, nem resolvido, e assim vou seguindo, não sei pra onde, mas vou...De qualquer forma é ótimo te ler, adoro tua linha de raciocínio, e o respeito que colocas dentro do próprio texto, para com os outros que podem divergir de ti. Tu é um barato Cris.
    ps. Meu carinho meu respeito meu abraço.

    ResponderExcluir
  22. QUANTO VALE A MINHA VAGINA:

    Pensem comigo:
    CONSULTA SEMESTRAL GINECOLISTA – R$ 150,00 ( CADA )
    POMADA GINECOLÓGICA – R$ 35,00
    DEPILAÇÃO NA VIRÍLIA – R$ 10,00 ( SEMANAL )
    SABONETE INTÍMO – R$ 10,00
    SABÃO ESPECÍFICO PARA CALCINHA – R$ 5,00
    CALCINHA – R$ 10,00 A R$ 20,00 ( CADA )
    ABSORVENTE – R$ 5,00 O PACOTE – SENDO DOIS PACOTES NO MÊS GASTA-SE R$ 10,00 MENSAIS E R$120,00 AO ANO
    ABSORVENTES DE USO DIÁRIO – R$ 10,00 ( MENSAL)

    Então: VOU FICAR DANDO DE GRAÇA?

    MAIS:
    http://comoencontrarumbompartido.blogspot.com.br/2013/09/quanto-vale-minha-vagina.html

    ResponderExcluir
  23. Tô quase virando bi também ! Vou atirar para todos os lados kkkk

    ResponderExcluir
  24. O que pensar e o que falar desse texto aqui?

    Não sei. Seria hipocrisia discorrer sobre um assunto que sinceramente desconheço. Já conversei com alguns amigos que me confidenciaram poucas coisas. Certamente mais por receio de ser interpretado erradamente por que os escuta. E por outro lado, conheço verdadeiros lutadores nessa luta e sofrem com seus próprios conceitos, em muitos casos um pouco ultrapassados.
    Mas, me limito Dama, à tratar de um assunto cujo conhecimento não sei como tratar. Não por preconceito, mas por puro desconhecimento.
    Mas, o teu texto é sim, interessante!
    Beijos na alma e muita paz, sempre!

    ResponderExcluir
  25. Bom, você já sabe que sou hetero e estou satisfeita com a minha condição. Sabe também que sou uma simpatizante e defensora tanto da diversidade
    Agora, onde moro, estou sabendo de vários casos de mulheres bi. E o saber disso não acontecia em Pelotas. Tenho agora as irmãs que me contam as coisas. Só tem um problema aqui. Estão todas dentro do armário!!!
    Dia desses na Escola Nova levantei o assunto _diversidade- e perguntei como era tratado na Escola.
    Uma pessoa levantou e me disse que eu nem tocasse no assunto em AG, pois as pessoas não queriam falar sobre isso e quem era gay ou outra coisa nem ficava falando. Me senti frustada. Senti ali a diferença do liberalismo que tinha em Pel e o conservadorismo que havia em AG.
    Vi que muitos dos bi, gays.... eram conservadores também. Ninguém quer falar nada. Ninguém quer assumir o que é evidente. Ficam num faz de conta que não é. Senti que tenho que ter mais cuidado para falar sobre o assunto. E fiquei triste.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Já transei com mulheres e achei bom pra caramba. E apesar de nunca ter namorado uma guria, não descarto a possibilidade de que isso venha a acontecer. Acho que quase todo mundo já se sentiu atraído por alguém do mesmo sexo, só não tem coragem de assumir pra si próprio. Então não sei dizer se isso é ser gay, ou bi, ou apenas normal...

    ResponderExcluir
  27. Engraçado vc falar sobre isso, pois um tempo atrás estava num bar com 2 amigas homo, sendo uma delas tem um relacionamento longo e a parceira foi a primeiro relacionamento sério depois que ela se assumiu homo. Enfim, o interessante da conversa foi que ela me disse que amava a parceira dela por ser quem era. Ela não a amava pq era uma mulher bonita, gostosa, etc. Ela gostava da pessoa que ela era, e que se elas terminassem, ela procuraria uma pessoa parecida, seja uma mulher ou um homem.
    Foi quase poético a mensagem dela. Me fez refletir muito sobre o amor pela pessoa que se é e não apenas pela aparência.
    Qto ao post como um todo, tb acredito que as mulheres sejam mais sensíveis a bissexualidade do que os homens, a alma é mais livre para viver esses romances. Até pelo contexto da cumplicidade, e pela sensibilidade de se apaixonar de corpo e alma!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Olha, confesso que já cheguei a me perguntar sobre bissexualidade, porque pra era um enigma, mas a maioria dos meus amigos é bi (e não gay ou mulher, como era de de esperar). Me dou muito bem com eles

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html