domingo, 8 de setembro de 2013

A mulher madura fica invisível...


Ainda na vibe no post anterior, preciso dizer mais algumas coisas que percebi ao chegar aos 50. A mulher madura fica invisível aos olhos dos homens. Se você mulher quer saber se já está aparentando maturidade, veja se os homens continuam olhando para sua bunda, para seus peitos, se dão aquela olhada de cobiça, ou dão a famosa viradinha depois que você passa, se ainda falam besteiras para você. Se você não se descuidou e isso não está acontecendo mais, é porque você já está sendo vista como mulher madura.  

Toda mulher gosta de ser percebida, mesmo nas cantadas mais nojentas, fica algo de "Puxa eu ainda sou desejada". Mesmo não sendo bonita, porque definitivamente não sou, sempre chamei a atenção dos homens na rua, em algumas épocas mais, outras menos, mas sempre que saia tinham uns caras olhando, alguns falavam alguma coisa e tal, dependendo do dia, da roupa e tal. Mas tenho que confessar que de uns 3 anos para cá as olhadas e cantadas baratas diminuíram drasticamente e não foi porque embaranguei, até estou bem em forma, mas é por conta de aparentar os anos que se passaram. Pelo que as pessoas me dizem sempre aparentei uns 10 anos menos do que tenho. Então aos 40 eu ainda chamava muito a atenção dos homens na rua, na balada e tal. Mas acho que agora com 51 finalmente eu tenho cara de 40 e poucos... rsrs. E mulher madura é coisa que não faz sucesso visualmente. Percebam que passa uma baranga de 20 e uma mulher inteiraça de 50. Os homens vão olhar para a mulher de 20, é do homem buscar a mulher mais jovem, dizem que é meio instintivo isso.

Outro termômetro que mede se você está sendo percebida como uma mulher madura, é quando você não chama mais a atenção dos homens da sua idade, você passa a chamar a atenção de homens muito mais jovens ou muito mais velhos que você. Isso é fato. Acho que muito por conta disso as mulheres maduras tem ficado com homens mais jovens, porque é muito raro um homem de 45 anos querer ficar com uma mulher de 45, geralmente ele tá de olhos nas de 30... rs. Uma parte dos homens mais novos são desencanados com isso e se deixam encantar pela mulher mais velha, se ela estive bem fisicamente. O homem bem mais velho, lá depois dos 65 anos, esses olham para a mulher de 50, é o esperado,  já que ela é mais jovem  para ele, mas mesmo esses, se puderem escolher, vão querer a novinha.  

Certamente alguns homens devem sofrer com essa invisibilidade da maturidade, mas não da forma como se passa com as mulheres, com a gente a coisa é mais intensa e digamos que mais cruel. Talvez os homens que percebam isso semelhante às mulheres, sejam os homens gays.

Quando comecei a ficar invisível, fiquei me sentindo péssima. Saia para as baladas e os caras passavam batidos, parecia que eu era um espírito desencarnado ali... rs. Eu achei aquilo tão estranho, confesso que doeu muito no meu ego feminino. Não sabia o que fazer nem o que pensar daquilo, é algo que aparece meio que de repente mesmo, e a gente não sabe como veio, nem como lidar com aquilo.

Mas o ser humano é o ser mais adaptável do planeta, por isso ele domina isso aqui. E nos acostumamos a tudo, nos adaptamos a tudo, desde que estejamos dispostos a isso. De uns meses para cá,  assim que comecei a lidar melhor com minha idade, comecei a lidar melhor com a invisibilidade. Comecei a ver o lado positivo disso, que é não ter mais que estar no meu melhor sempre. Quando se é invisível podemos nos liberar para ser e fazer uma série de coisas que não fazíamos antes, pequenos prazeres que vão se somando e se tornam um grande prazer. Podemos sair sem maquiagem, porque tanto faz. Podemos sair com aquela blusa velhinha, porque tanto faz. Podemos agir de uma forma incomum em público, porque tanto faz. Mas veja bem, não é um tanto faz do tipo "Ah tá tudo uma merda mesmo então vou largar pra lá", é um tanto faz do tipo "Hoje estou sem tempo ou sem vontade de fazer isso, amanhã volto ao meu normal". É importante que amanhã você volte mesmo e não se entregue, que tenha sempre o melhor de si mesma. Aliado a isso é redescobrir novas possibilidades e a gente redescobre, eu tenho descoberto, é só ter olhos de ver. Nunca abandonei os valores da mente, do espírito e hoje parece que isso cada dia tem mais importância, tanto em mim, quanto nos outros.

E para terminar esse post, tenho a dizer que ainda olham para mim na rua... rsrs. Não tanto quanto eu gostaria, ou quanto já foi um dia, mas ainda olham... rsrs.

40 comentários:

  1. Que ótimo! Seus relatos interessantes, polêmicos e sempre no maior alto astral.

    É claro que isso acontece muitos com homens gays.

    No meu caso não senti muito pois sempre tive atração por homens mais velhos ou da mesma idade...e continua até hoje! rsrsrsrsrsrs

    Sou teu fã...beijão

    ResponderExcluir
  2. Interessante sua reflexão e acho q é assim q a maioria vê e se comporta mesmo ... no meu caso eu sigo o Gera ... sempre gostei de pessoas mais maduras e continuo sendo assim ... de certa forma me cuidei e me cuido ... modéstia às favas ainda ganho olhares de cobiça de todas as faixas etárias ... rs

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você, mas isso vale para os homens também, a diferença é que as mulheres, não são tão imbecis como os homens, de jogar piadinhas. No entanto o valor que a mulherada dar as tais barrigas tanquinhos dos garotões, é de mandar os homens e suas barriguinhas de cerveja, direto pro analista! Até acho que um pouco de músculo sem exageros é interessante visualmente, mais cá entre nós, as barriguinhas "também sem exageros, é claro são um charme". Quanto a idade, vou seguir o mesmo raciocínio, do Gera e do Paulo, prefiro os da minhas idade pra mais. E as mulheres, na minha opinião não é diferente não! Os homens é que gostam de viver de aparências se insinuando para as mais jovens, eles acham que estão abafando na testosterona! Pobres homens !
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que essa idéia sua é passageira. E como muitas vezes você mesmo disse : Depende muito do homem ! Se você for em um barzinho, eles vão olhar pra vc de qualquer jeito. Mas não é esse tipo de homem que você quer, né ? Creio que com o passar dos tempos, você foi ficando mais seletiva, o que é mais que normal, mas somando à escassez de homens, ao preconceito por ser trans e a idade, dá uma salada meio indigesta. Mas nada que o seu jeito meio desapegado não resolva. Dama, você se aproxima cada vez mais da auto suficiência. Orgulhe-se disso. São poucas as mulheres que podem se orgulhar disso na sua idade e não estão presas à casamentos infelizes, filhos, etc.

    ResponderExcluir
  5. Sabe o que é engraçado? Me sinto muito desconfortável com homens olhando, paquerando... não gosto. Ao mesmo tempo, não sei como reagiria se não fizessem mais isso...

    Outro fato engraçado: homens acima de 30, geralmente, não dão em cima de mim e nem paqueram... não entendo pq, mesmo.

    A outra coisa é: mais cruel mesmo esse negócio com as mulheres - eu, enquanto solteira sem filhos que amo a solteirice sem filhos, cansei já de ouvir ou ficar sabendo que eu "devo ter algum problema, tão bonita e sem marido..." - e acho que são poucas as mulheres acima dos 30 que podem se orgulhar de estar bem fisicamente e de estar bem solta, sem a obrigação de seguir o modelo casamento + filhos... e isso assusta mais (ou talvez tanto quanto) amadurecer, envelhecer...

    ResponderExcluir
  6. Sei bem o que você sente. Mas eu acredito que a falta de olhares, como você disse na maturidade, não deve ser visto como uma falta de interesse dos homens. Mas sim uma questão de visão de escolha por sua parte. Eu acredito que conforme a gente amadurece passamos "ares" de queremos mais qualidades e não quantidade. Naturalmente nossos gestos e feições comunicam aos outros que não estamos querendo brincadeiras ou simplesmente um elogio jogado no ar. Estamos querendo o adjetivo sincero e o envolvimento mais sólido e maduro. É claro que um elogio como "gostosa" ou "gostoso", deixa a gente com ego lá em cima. Mas creio que internamente sabemos que nossos objetivos e foco já foram direcionados para a inteligência e sabedoria.

    ResponderExcluir
  7. Tem muita lógica isso que vc falou. Aí caímos naquela máxima que mulheres inteligentes e bem sucedidas assustam os homens tb...
    Acho que é tudo ligado... Nessa idade a mulher já se estabilizou e tem algum padrão de vida melhor, isso assusta o homem, e contando com a idade tb...

    É nós travamos batalhas a vida toda para encontrar alguém né?! Já percebeu que em casa época temos um ponto fraco, mas que coisa!!!!

    ResponderExcluir
  8. Idade para mim, é só questão de números. Post perfeito.

    ResponderExcluir
  9. Olha só...
    Ainda tenho os meus belos 22 anos, mas as vezes me considero mais velha...
    Vai entender!!!
    Dama, ótimo post...
    E sim...
    Mulher deve ser cuidada em qualquer idade...
    Saudades daqui!!!

    Bjo, bjo!!!

    ResponderExcluir
  10. Gostei de ler teu texto e também o comentário do Dih com o abafando na testosterona, as barrigas tanquinhos...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi Dama,estou quase na tua idade,vou fazer 48 e tb já vesti o "manto da invisibilidade", inclusive escrevi um post sobre isso,chamado "A mulher invisível",mas só se entende isso qdo.se chega lá(onde nós estamos),então só posso assinar embaixo tudo o que colocaste de forma tão bem escrita.Não é fácil,dói,mas depois passa.Tudo passa,aliás.
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha...adorei o "manto da invisibilidade"!!!!!

      Excluir
  12. Oi Cris...
    Menina, sei bem o que é isso. E não falo só porque tenho 49. Não, nunca fui do tipo "gostosa"..sou mignon e nunca fui de muita curva. Tenho sim, as "coisas" no lugar (que credito ao pouco uso..kkk), mas nem por isso, era do tipo "conhecida, gostosa, boazuda".
    Enfim, tudo isso se acentuou com a idade..e quando passei dos 30, passei a ser "notada" por "beemmmm mais velhos e casados! HUnnff... DEpois dos 40, foi a vez dos garotos... acho que viam em mim(e ate hoje não sei porque) a possibilidade de uma "experiencia a mais". Ledo engano...kkk

    Enfim... sou invisível. A típica entra muda e sai calada. Tempero sem pimenta...é isso!
    Boa semana...
    beijokas

    ResponderExcluir
  13. Oi Dama!

    Conforme ia lendo seu texto ia lembrando de uma amiga que dizia que quando se sentia meio pra baixo, meio "feia", desviava do caminho normal para passar em frente a uma obra só para ouvir as "gracinhas" dos moços da obra. Aí saía " se sentindo" a gostosona! rsrs
    O que você escreveu me deu o que pensar...sabe que é verdade? Os olhares mudaram e os de cobiça são quaaaase zero. Mas uma voa parte da razão é que eu "já deixei prá lá", já não ligo muito de sair arrumada e a engordadinha que dei contribuiu. Mas acho que ainda dá para consertar...
    Amei o post!

    beijos, Renata
    palpitanoemtudo

    ResponderExcluir
  14. Eu acho que a cantada de rua, é mais uma questão de poder que de desejo. Tem mais a ver com cultura, com o cara mostrar pros outros e pra si mesmo que é macho, do que exatamente estar desejando aquela mulher. O que o cara que assovia, faz uma gracinha, menos espera é que a mulher pra quem ele faz isso corresponda de alguma forma.
    Quando eu era adolescente era mais cantada que hoje aos trinta, e na aparência estou melhor que naquela época. Acho que também porque uma menina muito novinha é mais indefesa, é mais difícil ela reagir, constranger o assediador. Hoje em dia se um cara me passa uma cantada grosseira eu respondo de forma mal criada, coisa que não faria quando era mais nova.

    ResponderExcluir
  15. O que acontece comigo que aos 34 anos já me sinto invisível?

    Acho que os homens de hoje estão sempre focados nas meninas de 15 anos. Enfim... Uma coisa é certa: eu só consigo atrair olhares de homens casados!
    Preciso sair dessa vibe!

    ResponderExcluir
  16. Então cantada barata e gracejo por mais baixo que seja a mulher nao deixa de sentir invisível?! É isso mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vamos radicalizar, Cristiano. Tudo tem um limite, é óbvio, já recebi cantadas extremamente grosseiras que só me irritaram, assim como eu acho que todas as mulheres em algum momento passaram por isso. Então nem tanto ao céu, nem tanto ao inferno... rs.

      Beijocas

      Excluir
  17. Olha dama, conheço um cidadão na faixa dos seus 50 e tantos que só sai com menininha de 30.Ele pode achar que abafa, mas pelas costas deles todo mundo diz: é o dinheiro.Se fosse lascado, nenhuma delas sairiam com ele porque ele é osso duro de roer.

    Será que sair com mulheres mais novas não seria apenas uma forma dos homens mais velhos de maquiar o que não tá legal neles?

    Homens mais velhos que querem mulheres mais novas não amadureceram o suficiente para namorar ou ter um relacionamento com mulheres da sua idade. E não é só na faixa dos 50 não,vi muito dos meus amigos de 27 e quase 30 anos namorando menina de 20e 18, mas é pq a mentalidade deles era de 18 e 20 anos tb, rs!

    ResponderExcluir
  18. Independente da situação e salvo algumas em que não se tem como, acho que devemos ser desencanados de um modo geral com a vida. Senão, a gente se engessa e passa a fazer parte do grupo de pessoas quer quer agradar os olhos, a opinião e necessidade global alheia, mas... nos agradamos? Muito pouco! É importante isso que você ressaltou de desencanar mas sem largar de mão. Mas pensar mais em agir com o que gosta e quer, ser mais condizente com você mesmo do que fazer coisas e ser alguém para conseguir aprovação e aceitação de terceiros. Senti tb que com alguns quilinhos a mais que ganhei as olhadas e cantadas diminuíram um pouco, embora eu remotamente saia "de qq jeito". Posso não estar numa mega produção, mas algum jeitinho rola rs. É meu mesmo! Gosto de me arrumar pra mim. Sou do tipo que e casa usa perfume e batom rs. Mas curiosamente, mesmo despertando olhares e cantadas, sinto que a coisa se torna mais intensa quando saio acompanhada do meu marido. Sinto pares de olhos de todos os lados em mim rsrsrsrs... Por que será que o ser humano tem essa disputa encruada dentro de si desde que nasce? rs. Parece que é melhor cobiçar o dos outros do que tentar o alheio! rs

    Beijokas!!!!

    ResponderExcluir
  19. tenho uma amiga que esta vivenciando esta fase, fez 50 anos semana passada, mulher bem posicionada e com destaque na carreira, com dois filhos quase criados, numa puta dificuldade de encontrar alguém legal!

    ResponderExcluir
  20. Homem tb sente necessidade deste teste pra saber se ainda chama atenção...vira e mexe preciso colocar umas fotos pra ver a reação do povo...claro, fotos de rosto, respeitosas...rs rs rs. Sentir-se envelhecido não me faz mal, pelo contrario, gosto do meu cabelo grisalho.

    As mulheres preocupa-se muito com o fato de não serem desejadas, mas as vezes elas encucam com isso, o marido, o namorado ou seja lá o paquera da vez nem ta vendo isso, mas elas se sentem mal.

    Gostei do seu comentário no blog a respeito da Daniela Mercury...vc precisa urgentemente voltar ao skype pra falar comigo...sinto falta de ter com quem conversar que tenha a mesma opinião minha...pô, to achando que eu fiz alguma coisa ruim pra vc me abandonar desse jeito...enta um dia com tempo que tenho centenas de coisas pra te contar...vamos ver se eu aguçando seu lado curiosa vc aparece...rs..

    beijão e to aguardando vc pra bater papo...

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Infelizmente é assim, vai chegando tal idade e parecem que não temos mais o direito de sermos vistos, desejados.Uma cantada, mesmo sendo daquelas tipicamente de pedreiro, ajuda né? Dá uma levantada na moral, mesmo que vc vá olhar com uma cara daquelas, com um olhar esnobe, faz parte tbm ignorar elas para que nos sintamos bem, rsrs. Sempre querem as mais novas, mas esquecem que o tempo está passando para eles e as marcas estão ficando cravadas em seu corpo. Mas ainda bem que sempre tem alguma exceção.
    Só pra constar, achei o máximo o "espírito desencarnado" ri altíssimo na hora rsrsrs
    Bjo

    ResponderExcluir
  22. Pois é menina, não bate na porta, mas quem sabe na janela né? rs
    Atualizei o blog, dá uma passada depois.
    Bjo

    ResponderExcluir
  23. Olá Cris, o tempo é cruél com todos, as mulheres mais rs...adorei a leveza de que trata o assunto, pois se sabe e se ve na mídia o que se faz pela beleza, a eterna juventude ( que não existe), o que existe é esta postura que apresentass aqui, maturidade, sabedoria, experiência e eleveza, muita leveza para encarar os tempos, os que passam,os quem veem...Minha querida Cris, de solidão bem sei, inicío meu processo de amadurecimeto nestes tempos, sou um jovem senhor rs. E como o Dil, dei risadas lendo, teu texto continua afiado e afinado, e leve muito leve...assim, estarei sempre por aqui, e muito, miuito obrigado por tger me visitado num post que me arrependo até o último fio de cabelo por ter postado.
    ps. Meu carinho meu respeito meu imenso abraço, querida amiga Cris.

    ResponderExcluir
  24. Que texto legal, Cris! Eu tinha lido e depois que li passei a observar o meu cotidiano para ver se encontrava evidências disso.

    Conheço um homem que quando novo só queria namorar as mulheres da idade da mãe dele. Quando chegou aos 50 começou a babar pelas mulheres de 20. rsrs

    Eu realmente não percebo se os homens me olham. Sou um pouco míope e para enxergar tenho que encarar. Para não acharem que estou "de flerte" nem olho para os homens quando passo na rua.

    Mas do alto dos meus quase 50 anos eu percebo sim que antes eu recebia alguma piadinha e outra do universo masculino. Agora, nem ouço mais nada. kkk Será que estou ficando surda ou realmente, tens razão?!

    Minha sorte é que marido ainda me percebe. O dia em que ele deixar de me perceber, vou achar que "coelho nesse mato" hahaha

    E como não vão olhar para você na rua?! Você é um mulherão. Toda linda e enxuta. Eu estou adorando essa tua nova fase. De aceitação da pessoa linda que é. Sem se diminuir.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Quando leio seus posts... Não sei, me dá uma sensação de experiencia e ternura que ainda quero chegar!
    Sobre o post, converso muito disso com a minha mãe que tem seus 48, ela sempre se queixa de que o tempo é mais cruel com a mulher que com o homem... Pensando sobre isso faz algum sentido nessa sociedade ainda machista, e é uma pena... Pessoas são interessantes em suas peculiaridades independentemente de idades...
    (fico aqui me questionando se me envolveria com um homem mais velho... acho que sentiria receio pela minha infantilidade diante da experiencia dele... é, cada idade tem suas neuras!)

    ResponderExcluir
  26. Oi, Cris!
    É verdade, já percebi isso sim, embora como você mesma disse, os garotões e velhões olham mais também para as mulheres acima dos "entas".
    Eu acho que isso é coisa bem de homem brasileiro, porque o estrangeiro nem tanto, pelo contrário,admiram mulheres maduras e inteligentes, sem necessidade de serem bonitas. Percebo isso claramente quando viajo ao exterior e, sinceramente, curto. hehe
    E, olha, você é bem bonitona viu! Foi um prazer conhecê-la no post abaixo.
    beijocas cariocas

    ResponderExcluir
  27. Uai!

    Olha, se o negócio já anda feio para mim nos meus atuais trinta, então daqui a um tempo, drasticamente não escutarei nem assobios de pedreiros!

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Adorei teu postbé bem assim tenho 52 fazendo 53, o que escreveste é a realidade, enfim tudo tem seu tempo....
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  29. Oi Dama, tudo bem contigo, meu anjo?

    Bom, passei uns dias sem ler esse seu post e estou vindo agora, tanto para ler, quanto para comentar.

    Meu anjo, sinceramente, na opinião deste blogueiro aqui existe uma imensa relatividade em tudo isso e como sempre não devemos particularizar generalizando. Existem mulheres que produzem-se a vida toda e continuam sendo bem vistas e benquistas, mesmo com a idade. Outras, que terminam por se enclausurar no mesmismo e por sua vez, vão ficando... Sendo esquecidas, em primeiro por si mesmas, depois e em ultimo grau, pelos homens. Talvez eu esteja pensando errado, mas como homem não estou conseguindo chegar à mesma altura que os seus pensamentos de hoje. Embora concorde com seu ponto de vista de que algumas mulheres maduras, não todas, tornam-se invisíveis.

    Ao contrário do que podemos imaginar, algumas mulheres maduras, quando seguras de si conseguem ainda levantar aplausos e sussurros de homens, inclusive dos operários de obras, que são autores daquelas cantadas mas esquisitas e sempre na moda que conhecemos.

    No entanto, como tudo é extremamente relativo em nosso mundo...

    Veja por exemplo, como homem e como brasileiro, sou fascinado por bundas e nem sempre sou do tipo ligado em peitos. Mas, tem algumas mulheres maduras que conseguem chamar a atenção para o colo de forma tão fascinante que muitos homens terminam por deixar o quesito bunda para depois.

    Mas, claro, tudo é questão de pensamentos, de aceitação, de amor próprio, essas coisas.

    Beijos na alma com o desejo de muita paz, sempre!

    ResponderExcluir
  30. Oi Dama, Boa Tarde!

    Hoje vou discorda de você, com relação a mulher madura ficar invisível. Vejo essa realidade muito além da questão idade, vejo isso de modo muito relativo.

    Uma mulher chamará atenção de um homem tendo ela a idade que for, sua idade não influenciara em nada para isso, agora ela só conquistará intenções permanentes nele, a partir de sua características pessoais, coisa que a mulher madura ganha em muitos casos para a mulher mais nova, claro que também sem generalizar, pois conheço mulheres jovens bem mais resolvidas que muitas maduras.

    Uma mulher, em minha opinião, consegue atrair atenção para si, simplesmente por causa daquele algo a mais que ela carrega, podendo ser um sorriso todo particular, um jeito de olhar, a maneira como caminha, ou como se movimenta, a forma como se comunica, emfim seu "chamar atenção", não dependerá nunca de sua idade, mas sim de sua essência e essa ela carregará consigo até seu ultimo dia de vida.

    Uns amigos costumam ou melhor costumavam dizer (já que pela distancia e correria diária, não mais saímos pra dançar) que adoravam me ver dançando pois, acontecia algo diferente em mim que me destacava e eles não conseguiam nomear. E na minha visão é esse algo que todas as mulheres têm e que atraem os homens em qualquer idade.
    Xero! ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  31. PERFEITO!

    nao tenha nada a escrever aqui, vc arrasou, falou tudo mesmo.
    Ja tava querendo desde que voltei do brasil,escrever sobre isso, vc me lembrou. Valeu Daminha!

    ResponderExcluir
  32. Dama,
    eu já havia lido este post, mas só agora achei interessante comentar. Tenho 48. Nunca fui bonito. Quando jovem, tinha o corpo bem delineado, e tals, mas nunca - veja só: nunca! - consegui me aproximar de uma mulher só por causa do corpo.
    Complexo? Nóia? Velhice precoce? Não sei...
    Para mim, a coisa mais brochante do mundo é a mulher sem alma. Mulheres siliconadas nunca me causaram o menor interesse. Barbies luxuososas, muito menos.
    Sou do tipo que se interessa pelo mundo interior da pessoa. É claro que se for uma mulher disforme, etc, talvez não cause tesão, mas role algo de amizade, simpatia, porque não ligo mesmo para aparência. Em relação a sexo, porém, vou dizer para você que nunca em minha vida tive uma mulher padrão, modelo de passarela, pastel inflado de feira.
    A mais bonita é a Mah, mas ela tb tem alma. Ela é, tb, mundo interior. Não foi pela bunda ou pelos peitos que ela me conquistou, mas porque pensa, porque sente, porque tem papo...
    Outro dia, andando num shopping aqui de Sampa, vi duas loiras falsas se abraçando. As duas eram iguais! As duas montadas em laboratório, e o papo, que ouvi na passagem, era dos óculos novos de cada uma, qual seria o mais caro.
    Olha, o mundo tem muito mais para oferecer do que etiquetas nas roupas, marcas nos óculos, nos sapatos, ou bundas e peitos empinados e rostos desenhados no cirurgião plástico.
    Não que eu seja contra as cirurgias plásticas. Não mesmo. É que não se pode parar nisso: o emocional vem antes e vai além. A pessoa que pára na epiderme, é essa que nunca me interessou.
    Sentar e conversar, sentir a energia, sentir a vibração, falar de alguma coisa platônica, falar sobre o interior de cada um, olhar as estrelas juntos, ver as ondas quebrando na praia em silêncio, porém em sintonia...
    Sei lá se estou sendo coerente, mas a verdade é que estou 'vendo' imagens e tentando transformá-las em palavras.
    Sabe o que digo sobre eu não ser este corpo material? Augusto dos Anjos, meu poeta favorito, diz que é a atração de caveira para caveira, e de sepulcro para sepulcro.
    É por isso que a idade nem me vem à cabeça, e acho que isso é inerente ao ser-humano. Estou com 48 e às vezes acordo pela manhã achando que tenho 20, ou que nem tenho idade, pois o tempo é uma convenção humana, baseada talvez na duração do corpo, da vida, etc.
    Já tive mulheres mais velhas e mais novas, mas nunca o fator determinante foi a idade nem o aspecto físico, e sim a alma, a sintonia, a vibe.
    Sendo assim, eu posso dizer que talvez tenha sido invisível (eu) desde a minha adolescência. E só me fiz visível quando alguém, provavelmente também meio invisível, me tocou a alma.
    Chico Buarque diz, na música Qualquer Canção:
    "Qualquer canção de amor
    é uma canção de amor:
    não faz brotar amor e amantes.
    Porém, se essa canção
    nos toca o coração
    o amor brota melhor que antes..."

    É por aí: a visibilidade, para quem olha com os olhos da alma, pode estar na invisibilidade.

    Fez sentido? Hahahahaha, espero que sim.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então, Furlan! Eu penso muito parecido contigo. Alias depois que passei a ler seu post, vi que pensamos parecido em muitas coisas, talvez seja isso que faça você se atrair pelos meus textos e agora eu pelos seus.

      É uma grande pena que os homens em geral não pensem como você, porque tenha certeza que eles não pensam. Mas eu nunca estou em busca de homens que dão valor somente à aparência. Aliás, pessoa, seja homem ou mulher, que eu perceba como sendo uma pessoa fútil, vazia, simplesmente não me interessa em nada. E olha que sou obrigada a conviver com algumas pessoas assim e é uma tortura para mim.

      Acho que se a gente sentasse para tomar um café ia ter muito o que conversar sobre vida e visão de mundo. Sinto que você é um pensante compulsivo como eu.

      Obrigada pelos seus comentários e pelo seu carinho de sempre!

      Beijocas

      Excluir
  33. eu tenho 31 anos e sempre me interessei mais por mulheres mais velhas, sou casado com uma mulher de 51 anos e nos damos muito bem em todos os aspectos principalmente na cama, ela tem um corpo lindo malha, corre, faz natação e cuida muito da saude, as vezes quando eu saio com ela ou estou esperando ela em algum lugar noto que os homens olham muito ela sim! até demais.. homens jovens principalemte. É claro fico com um pouco de ciúme mas por outro lado fico muito feliz por ela pois já tem uma certa idade e mesmo assim é desejada isso deve fazer bem a ela, eu só espero que um dia ela não vá me trocar por um de 20 e poucos. kkkk

    parabéns pelo blog achei muito legal e parabens tambem a todas as maduras lindas e gatas de todo mundo.. tão dando de 1000 a zero em mta novinha por ai...

    vagner rs

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html