domingo, 28 de outubro de 2012

Pessoas que só falam de um assunto...

 
Há um tempo venho querendo escrever sobre isso, porque se tem algo que sempre me policio, é sobre o quanto estou  sendo chata e batendo no mesmo assunto o tempo todo. Óbvio que não tenho uma noção completa disso, porque não estou de fora para me perceber, mas juro que tento não ser uma dessas pessoas chatas de um único assunto.

Tá bom que todos nós temos nossos assuntos preferidos. Já fiz vários posts sobre alguns mesmos temas. É natural que algumas questões façam a gente pensar e repensar e isso acabe nos estimulando a falar mais sobre elas. Daí vem as diferenças de interesses de cada um, por isso que nos afinamos mais com umas pessoas do que com outras. Agora tem um grupo de gente que são os famosos chatos, aqueles que só falam de um assunto, ou que nem seja apenas um único assunto, mas é aquela criatura fala as mesmas coisas o tempo todo e volta a falar e falar infinitamente.

Creio que o problema não resida em falar sobre a mesma coisa, o que chateia é a pessoa repetir tudo sem apresentar um dado novo, uma visão diferente, uma descoberta qualquer. Ter que ouvir ou ler a mesma ladainha, infinitamente, como um lamento, acho que é algo bastante cansativo e sinceramente não gostaria de me perceber falhando nesse ponto.

Não vai aqui nenhuma indireta para ninguém, pelamordedeuxxx, mas é certo que já deixei de seguir alguns blogs porque o assuntos era sempre o mesmo! Tem por exemplo a chata abandonada, que é aquela mulher que fica reclamando eternamente porque não tem um namorado. Nossa, não existe nada mais enjoado do que uma pessoa que faz a mesma reclamação da vida o tempo todo. Lembro que deixei de ler uma menina que o blog dela era só isso, lamentar por não ter um namorado. 

A minha mãe, está bem idosa e sei que preciso me munir de paciência, mas é duro atender as ligações dela e ouvi-la repetir sempre os mesmos três assuntos. Os três assuntos que não aguento mais ouvir falar, porque ela conta tudo de novo e de novo, com a mesma riqueza de detalhes, sem nunca mudar nada. É como ver o mesmo capítulo de uma novela todos os dias. E fico pedindo a Deus para quando ficar velha, não ficar assim. Será que todas as pessoas idosas precisam ficar desse jeito? Será que esse é o fim de todos que não morrem cedo? Ficarem monótonos, repetindo as mesmas coisas? Não quero acreditar nisso, porque temos exemplos de pessoas idosas que não são assim. Então há uma esperança de não ficar desse jeito.

Existem também os empolgados que passam da medida. É aquela pessoa que gosta de um assunto, algo que é bonito gostar, do tipo, os que gostam de ler, aí a pessoa só fala de leitura o tempo todo, então ela fala de todos os livros que leu, que está lendo e dos que pretende ler. Até aí tudo bem, dar uma dica de livro é legal, ler é bom, faz bem para alma, é sádio, faz bem pra mente, blá blá blá. Mas só falar de leitura o tempo inteiro, não dá, chega uma hora que esgota, isso vale para quem gosta de filmes, música, novela, esporte, moda, política, religião etc e etc. A pessoa tem que ter um "simancol" de  que está monótona, que só tá falando daquilo o tempo todo.

Sei que esse é uma assunto do tipo carapuça, que todo mundo vai querer enfiar na sua própria cabeça, mas minha intenção com esse post não é mandar indireta para ninguém, mas apenas fazer uma reflexão sobre algo que acho que chateia muita gente e que na verdade nem temos muito controle. Porque é realmente difícil se policiar, fazer uma análise de como estamos procedendo. É muito difícil a gente ter uma noção exata de nós mesmos, principalmente quando o assunto é chatice, mas é possível fazer um movimento em direção a reflexão, a autoanálise, procurar ter um pouco de autocrítica. Isso sim é possível para todos nós.

24 comentários:

  1. Definitivamente vc está certíssima querida ... uma reflexão e tanto ... todos nós somos passíveis de erros do tipo, sermos envolvidos pela empolgação por determinados assuntos, mas precisamos estar alertas para q isto não nos contamine ...

    bjão querida

    ResponderExcluir
  2. Olha adorei, nada mais me irrita do que ter que ouvir o mesmo assunto o tempo todo, principalmente quando se quer enterra a zorra toda e a pessoa fica mastigando o tempo todo.

    vou posta isso no meu Face, tem uma pessoa que precisa ler isso, peço licença...
    colocarei tb o link do seu blog, mesmo pq eu adoro suas confissões

    ResponderExcluir
  3. Pois é... eu sempre digo que não me importo em escutar reclamação, mas que não aguento escutar a MESMA reclamação desde que conheço aquela pessoa, há anos! Muda de problema pelo menos hehehehe Faça alguma coisa!!!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse texto!

    Não tenho uma idéia da tua lista de leitura mas eu também tenho dificuldade em entender o que leva as pessoas a postarem muito sobre um ( único ) tema. Existem os blogs temáticos onde o tema é um só, mas existem os blogs ( eu era assim -- rsrs ) de pessoas que não sabem muito bem onde querem chegar.
    Eu também já li coisas que eu mesma escrevi e pensei..."meO deOs" porque fui escrever sobre tal e tal coisa e porque eu me repetia tanto?
    Nem posso falar da menina que fez o blog reclamando porque não tinha namorado porque eu "quase fiz" o meu todinho dizendo "quem sou eu"... kkk

    Gosto muito de variações também e hoje cuido ( antes nem pensava nisso ) para não me tornar repetitiva.

    E eu adoro me colocar nos teus textos porque falas de uma forma simples e direta ( odeio indiretas ) e sem ofender ninguém. No final a gente sai mais é aprendendo.

    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  5. Dama

    Costumo repetir muitas temáticas em meu blog. Primeiro porque escrevo sobre a vida, sobre sentimentos, sobre pessoas e estas coisas são cíclicas. Vira e mexe estamos nos imitando.
    Nos últimos meses me tornei ainda mais, pois estou apaixonada e o vocabulário do amor é restrito, como bem disse Virgílio Ferreira.
    Na vida virtual,você resolve isso deixando de ler o blog, mas na real, você não pode abandonar amigos, familiares e namorado só porque eles estão batendo na mesma tecla, não é? Dizem que as pessoas que nos amam são aquelas capazes de ouvir a mesmo coisa mil vezes sem aquela cara de "eu com isso". Será?
    Gosto de apresentar o meu ponto de vista. Acho que estes espaços (blogs) tem por finalidade proporcionar reflexões tanto em quem lê como em quem escreve.

    :)

    Bom domingo
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post! Nossa, que coincidência! Eu reclamei disso no Twitter esses dias.

    Acho que em redes sociais de nichos, como o twitter, que as pessoas seguem as outras de acordo com seus interesses, os assnutos tendem a ser os mesmos, mas nunca abordados de forma igual.

    Eu acho que todo mundo já repetiu assunto, ou já encheu outrém com isso... rs Acho que inclusive eu já devo ter cometido esse erro, mas sempre me policio, mesmo não sabendo se estou sendo eficiente nessa tarefa.

    Falar de uma coisa só nunca é legal, mesmo que nós gostamos muito dela, é sempre bom dar uma renovada no repertório de assuntos, né?Se não, quem está de fora pode achar que não temos conteúdo, ou o pouco que temos, é irrelevante a ela.

    Mas acho que o pior da mesmice de assnuto, é quando você conversa com alguém, e aí você muda de assunto, e ela volta pro mesmo assunto que ELA estava interessada. Você já cruzou com gente assim, que s´ose interessa pelos assuntos dela? Não entendo essas pessoas. Acho que isso deve ser problema psicológico ou excesso de egoísmo, né? Um porre isso!

    Beijo, Cris!

    ResponderExcluir
  7. Confesso que tenho medo de ficar velha. Já que determinados momentos, sou uma chata de galocha. Reclamo demais. Enfim, às vezes me policio, mas nem sempre dá. Peço para minha namorada me dizer quando estes momentos me atacam.
    Certos assuntos cansam, é verdade. Principalmente, quando a pessoa fala sem parar e não traz nada de relevante.
    Sou uma dessas quando o assunto é leitura e viagens. Mas, não que seja algo repetido, até porque viajo para lugares diferentes e dou dicas de leituras. Ou quando não gosto do mesmo.
    Enfim, vou ser sincera: por algumas vezes, sou essa chata sim. Tento não ser. Mas, nem sempre agradamos outrens!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Sim... sempre tem alguém que repete as mesmas coisas... Acho que todos somos um pouco assim, mas algumas pessoas exageram.

    As vezes eu acho que elas são anormais por falarem sempre a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  9. É o tipico caso da novelas, Dama. Falta de conteúdo mesmo... normal. Pra existir o culto, há de existir o limitado.

    ResponderExcluir
  10. Oi Dama!

    Sei como é...convivo com algumas pessoas assim. São pessoas de quem gosto muito, mas contam sempre as mesmas estórias...tenho uma amiga muito querida que há meses fala a mesma coisa, acho que ela esquece que já me contou, pois não nos vemos com frequencia.
    Eu me policio prá caramba, pois acho muito chato ficar repetindo os assuntos e olha que minha vida não é das mais agitadas.

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  11. Os famosos chatos. Ai, meu Deus, tomara que não esteja enquadrada nessa lista de chatices! Mas pelo que analisei bem, não estou.
    Mas você tem razão Dama, tem blog que insiste na mesma tecla e se torna chato e nessa lista que você faz, tem muitos blogs que visito e que são exatamente assim e dão até trabalho pra comentar, porque as coisas são as mesmas, a gente acaba fugindo.

    ResponderExcluir
  12. É por isso que meu blog se chama Muitas coisas por aí.. tudo junto e misturado pra não ficar monótono. Acho legal essa coisa da diversidade, claro que temos nossas preferências, mas falar de coisas diversas torna-nos muito mais interessante.

    Grande abraço!!

    ResponderExcluir
  13. Adoro os seus posts.. espero um dia te ver lá no meu bloguito!!!

    Bjus

    ResponderExcluir
  14. Desde os gregos não há nada de novo sob o sol, Roberto Carlos e toda MPB canta a dor de corno desde antes de Cristo, ficaram ricos, famosos e cada música nova é chamada de "inédita".
    Novela é sempre a mesma churumela, os maus morrem outros ficam bonzinhos, e o país pára pra ver.
    O que se pode fazer é dizer diferente algo batido, saudade, solidão, ódio, medo são sentimentos da condição humana.
    Não há como fugir das coisas que doem em nós ou pelas quais perseguimos.

    beijo

    ResponderExcluir
  15. Minha querida Dama amei o seu post e me diverti com ele, viu?! Eu adoro o sei jeito de expor as coisas, amei! E a foto está genial também...rsrs
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  16. Damaa

    Confesso que quando li seu post, domingo, eu dei até uma olhadela rápida no emu blog, pra saber se era uma destas "chatas". hahahahahaha

    Agora, todo mundo concorda que é um saco a pessoa que fala sempre o mesmo assunto e certo é que a carapuça serva para todos, pq todos em alguns momentos são repetitivos!

    Mas tem gente que é muiiiiiiiito repetitivo; se acha a última coca do deserto, sempre falando as mesmas coisas, só é mestre no seu assunto preferido! aff!

    Abaixo os chatos!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Conheço/conhecemos né? Alguém que varia o tema mas não o conteúdo e repete tanto e tanto e tanto que até já decorei alguns trechos! kkkkkkkkkkkkkk... Bjo!

    ResponderExcluir
  18. Concordo com vc. Procuro diversificar no meu porque é muito chato visitar alguem e ver sempre a mesma ideia! Gostei do teu protesto!

    ResponderExcluir
  19. Olá Dama,
    o que mata são as pessoas que só falam de um assunto ruim, como doenças...rs...
    acho que as pessoas falam por falar, igualzinho as pessoas que jogam detritos na rua: livram-se do lixo jogando-o nos outros...
    bjs!

    ResponderExcluir
  20. boa
    achoq ue tem que ter um conhecimento de varias coiass para nao se tornar um chato de assunto só
    eu por exemplo sou chato de varios assuntos ainda mais musica e mulher

    ResponderExcluir
  21. Olha, eu te entendo perfeitamente!
    Já deixei de visitar muitos blogs por causa disso, porque me canso de ler sempre sobre a mesma coisa e com o mesmo tom! É chato demais!!!

    ResponderExcluir
  22. Confesso que às vezes tendo a cair nisso, como vc falou tamanha é a empolgação por fazer algo, estar com alguém, conseguir alguma coisa, enfim...

    Mas, o que eu acho mais chato é a pessoas que tem consciência disso e faz de propósito. Post e comentários de futebol ou opiniões contra ou a favor do que está na mídia, até sobre se está quente ou frio. Vc fazer um ou outro comentário com opinião pessoal é uma coisa, mas tem gente que faz uma narração dos acontecimentos, síndrome de repórter. Nem eu que sou jornalista! rs.

    Agora sob outro ponto de vista, tinha uma tia que ao longo dos anos começou a ficar repetitiva. Nem a minha avó de 95 anos, mais velha que a irmã dela de 86 tinha paciência, rs. Dizia que a irmã estava ficando "gagá" rsrsrsrs... Eu ficava naquela de não ser má educada e tal... às vezes fico com peninha de ser grossa com pessoas de idade, ainda mais que ela era meio sozinha, sem filhos, viúva, rs.

    Mas tem brincadeiras, algumas, aquelas chatas que as pessoas insistem em fazer as mesmas piadinhas, as mesmas gozações, isso tb me chateia, aff!!!! rsrsrs

    Bom, é isso! Se sou repetitiva, sorry! Não é intencional! rs

    Bjokas

    ResponderExcluir
  23. não aguento isso, mas acho que é mal do ser humano mesmo, repetir exatamente as mesmas palavras :/

    ResponderExcluir
  24. Pesquisei mais sobre o assunto pq tem algo incomodando.. dai vi que isso se chama
    ( Transtorno Obsessivo Compulsivo ).. e existe medicamento p/ casos mais avançados.

    ResponderExcluir

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Se seu comentário foi recusado, certamente a explicação está aqui:

http://confissoes-femininas.blogspot.com/2011/07/comente-com-educacao.html